Após cinco anos, Bahia volta a vencer quatro jogos como visitante

e.c. bahia
17.10.2019, 20:00:00
Atualizado: 17.10.2019, 21:13:54
Artur, Juninho e Lucas Fonseca durante um treino no Fazendão (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Após cinco anos, Bahia volta a vencer quatro jogos como visitante

Tricolor tem a sexta melhor campanha jogando fora de casa na Série A

O Bahia segue firme na briga por uma vaga na Copa Libertadores de 2020. O triunfo sobre o Grêmio, por 1x0, em Porto Alegre, deixou o tricolor com 41 pontos, em oitavo lugar, um pontinho atrás do sexto colocado Internacional, que na noite de quinta-feira (17) bateu o Avaí por 2x0, fora de casa. 

A boa campanha do Bahia no Brasileirão passa pela força do time em casa, onde perdeu apenas dois jogos, mas também pelo bom desempenho que o tricolor vem tendo longe de seus domínios. Este é um ponto fora da curva em relação à maioria dos anos anteriores.

A vitória sobre o Grêmio foi a quarta do Esquadrão como visitante na edição de 2019. Desde 2014 o tricolor não conseguia emplacar mais de três triunfos fora dos seus domínios na Série A. Até aqui o Bahia é o dono da sexta melhor campanha entre os visitantes no Campeonato Brasileiro. Foram 16 pontos conquistados em 13 jogos, aproveitamento de 41%.

O desempenho faz o time baiano ficar à frente de adversários diretos na luta pela Libertadores como Corinthians (7º melhor visitante) e Internacional (11º). O melhor no quesito é o líder Flamengo, que somou 27 pontos em 14 partidas fora de casa, com rendimento de 64,3%. Santos (53,8%), Palmeiras (51,3%), São Paulo (48,7%) e Grêmio (43,6%) são os outros melhores que o Bahia.

Para o torcedor ter uma ideia da importância de pontuar fora de casa, no ano passado, quando terminou a Série A com 48 pontos e conseguiu a sua melhor campanha em colocação no Brasileirão, com 11º lugar, o Bahia somou apenas duas vitórias longe de Salvador.

Já um ano antes, em 2017, quando o Esquadrão fechou o Brasileirão com 50 pontos (seu recorde na era pontos corridos), o time conseguiu três triunfos no estádio do adversário e ficou a apenas quatro pontos da Chapecoense, última classificada para a Copa Libertadores.  

Por isso, na atual temporada, conquistar mais pontos fora de casa foi colocado como uma meta na busca por um campeonato seguro e voos maiores.

“São poucas as equipes que conseguem ter uma porcentagem boa de triunfos fora de casa e a gente entendeu isso desde o início. O nosso objetivo é uma melhor performance fora de casa comparando ao ano passado, quando a gente demorou para vencer e conseguiu apenas dois triunfos. Isso foi determinante para a gente não ter uma colocação melhor”, explica o goleiro Douglas.

Os 16  pontos conquistados como visitante em 2019 deixam o tricolor com a sua quarta melhor campanha como visitante desde que o Brasileirão passou a ser disputado por 20 clubes, empatado com a temporada 2017, mas com uma vitória a mais. A melhor marca do clube até aqui foi alcançada na edição de 2012, quando venceu seis vezes fora e somou 23 pontos.

Confrontos diretos 
O triunfo sobre o Grêmio veio em um momento importante para o Bahia, que não vencia há três jogos e começava a ver o G6 do Brasileirão se distanciar. Além disso, mostrou um outro bom aspecto do tricolor: pontuar contra os adversários diretos.

Com exceção do Internacional – clube que o Esquadrão ainda não enfrentou no segundo turno -, o Bahia pontuou contra todos os seus concorrentes por um lugar na zona de classificação da Libertadores. O Grêmio foi o time que mais sofreu nas mãos do tricolor, que venceu os dois jogos. O Bahia conseguiu um triunfo e uma derrota contra o Corinthians (4º colocado) e dois empates contra o São Paulo (5º).

“Tenho dito aos atletas que, a partir do segundo turno, o tamanho da nossa perna vai ser medido de acordo com o saldo nos confrontos contra os adversários e, principalmente, saldo no confronto contra adversários diretos. Contra o Grêmio, estamos levando seis pontos. Contra o Athletico-PR, perdemos seis. Contra o Avaí, ganhamos seis. Contra o São Paulo, igualou. Empatamos em casa e empatamos fora. Contra o Botafogo, perdemos fora e ganhamos em casa”, analisou o técnico Roger Machado, citando outros rivais já enfrentados no segundo turno - contra o Fluminense, o time ganhou em casa e perdeu fora. 

Depois de dois jogos como visitante, o Bahia agora se prepara para uma sequência de duas partidas como mandante, contra Ceará e Internacional, este mais um confronto direto. O primeiro será segunda-feira (21), em Pituaçu; o segundo, no sábado seguinte (26), na Fonte Nova.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/obras-hiper-realistas-de-giovani-caramello-sao-expostas-na-caixa-cultural/
Um dos destaques é Nikutai, com impressionantes 2,5 metros de altura
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/aviao-sobrevoa-cidade-catarinense-com-faixa-pedindo-a-prisao-de-lula-assista/
Em Balneário Camboriú, Bolsonaro teve 82% dos votos válidos no 2º turno da eleição
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lula-diz-que-e-um-homem-melhor-do-que-quando-entrou-na-cadeia/
Segundo a organização, 200 mil pessoas compareceram a ato em Recife
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/conheca-a-turma-de-criancas-em-salvador-que-aprendeu-a-nao-sentir-mais-medo/
Projeto em escola discute medo, coragem e grandes dramas da vida para crianças de até 12 anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/com-elenco-novo-the-crown-volta-para-mais-uma-boa-temporada/
Rainha Elisabeth, até então vivida por Claire Foy, agora é interpretada por Olivia Colman
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/manchas-de-oleo-voltam-a-aparecer-em-morro-de-sao-paulo/
Marinha retirou a substância no final da manhã
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pedi-que-nao-atirassem-diz-pai-de-garoto-autista-morto-em-perseguicao-da-prf-em-piraja/
Garoto era autista e estava a caminho da escola; família acusa Polícia Rodoviária Federal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vitimas-de-acidente-de-aviao-na-bahia-tem-traumas-e-queimaduras-crianca-esta-entre-feridos/