Após discussão, subtenente da PM mata esposa de 22 anos a tiros no Ceará

brasil
10.08.2021, 16:30:00
Atualizado: 10.08.2021, 16:45:47
(Reprodução/redes sociais)

Após discussão, subtenente da PM mata esposa de 22 anos a tiros no Ceará

Polícia Civil apura circunstâncias do feminicídio seguido de suicídio. Ele tinha 48 anos

Subtenente da Polícia Militar de Canindé (CE), Francisco de Oliveira Souto, 48 anos, é suspeito de matar a esposa com disparos de arma de fogo, e em seguida cometer tirar a própria vida. O nome da vítima ainda não foi divulgado. O caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (10), na localidade de Beira D’água, no bairro São Mateus. 

Questionada sobre as informações, a Secretaria de Segurança Pública do Ceará (SSPDS) informou que a Polícia Civil do Ceará (PCCE) apura as circunstâncias do feminicídio seguido de suicídio. Os primeiros levantamentos apontam que o crime aconteceu após uma discussão do casal.

Foto: Reprodução/redes sociais

Uma arma de fogo foi apreendida no local, onde estiveram a Polícia Militar do Ceará (PMCE) e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Equipes da Delegacia Regional de Canindé estão responsáveis pelas apurações.

Fontes ouvidas pelo O Povo disseram que quando os policiais chegaram no local, encontraram o suspeito respirando e chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas o PM não resistiu. 

Os agentes conversaram com testemunhas no local, que confirmaram que o casal estava discutindo antes do crime.

Nota de pesar
A PM cearense divulgou, também pela manhã, uma nota de pesar lamentando o falecimento do subtenente Francisco de Oliveira Souto. O agente ingressou na Corporação em 20 de setembro de 1993 e estava atualmente lotado na 1ª Companhia do 4º Batalhão Policial Militar, em Canindé.

"O Comando da Corporação se solidariza com a dor dos familiares e amigos, ao tempo em que coloca o aparato da Instituição à disposição", diz um trecho da nota.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas