Após madrugada de tiroteio, polícia encontra explosivo e munições no bairro de Valéria

salvador
23.11.2020, 19:15:00
Atualizado: 23.11.2020, 19:15:35
(Foto: Divulgação/PMBA)

Após madrugada de tiroteio, polícia encontra explosivo e munições no bairro de Valéria

Dois carros usados por grupo de suspeitos também foram apreendidos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O policiamento na região do bairro de Valéria foi reforçado na manhã desta segunda-feira (23), após uma madrugada de tiroteio entre traficantes em disputa e militares. Por volta da 1h deste último domingo, uma guarnição da Polícia Militar fazia uma ronda rotineira na localidade do Sossego, quando avistou dois veículos com oito homens armados e coletes à prova de balas.

Conforme informações do capitão da 31ª CIPM (Valéria), Charles Edgard Freitas, houve troca de tiros no momento e a guarnição solicitou de imediato o apoio de outras forças da polícia para apoiar na ocorrência.

Os suspeitos então abandonaram os veículos e fugiram do local correndo para o interior da comunidade. Os veículos utilizados pelos indivíduos que estão sendo procurados foram apreendidos. Os modelos dos carros foram dois Volkwagen, um Voyage branco e um Polo preto. Também foi encontrada uma mochila abandonada com explosivo artesanal e munições diversas, incluindo um pente de calibre .12. 

Por rádio, foram acionadas e chegaram até o bairro equipes do Grupamento Aéreo (Graer), Batalhão de Polícia de Choque, Batalhão de Operações Especiais (Bope), Rondas Especiais (Rondesp/BTS), além de guarnições pertencentes ao Pelotão de Emprego Tático Operacional  da 18ª CIPM (Peto/Periperi) e 19 ª CIPM (Peto/Paripe). 

(Foto: Divulgação/PMBA)
(Foto: Divulgação/PMBA)

Com esse efetivo, a polícia entrou na comunidade, fez um cerco e um vasculhamento em área de mata, houve uma nova troca de tiros, mas os suspeitos não foram capturados. O policiamento se manteve no bairro até o início da tarde desta segunda. “Estávamos todos mobilizados para capturar, mas a captura não foi feita. O bairro é rodeado por mata densa, eles conseguiram fugir. Nós mantivemos a segurança no bairro e o comércio e o serviço de ônibus continuaram funcionando normalmente”, disse o capitão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas