Após perder pensão de R$ 100 mil, Zilu quer R$ 15 milhões de Zezé Di Camargo

em alta
13.08.2020, 09:32:09
Atualizado: 13.08.2020, 09:36:24
(Foto: Reprodução)

Após perder pensão de R$ 100 mil, Zilu quer R$ 15 milhões de Zezé Di Camargo

Sertanejo e ex-esposa estão divorciados desde 2014

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Seis anos após o divórcio, assinado em 2014, Zezé Di Camargo e Zilu ainda discutem a partilha de bens. A mãe de Wanessa perdeu recentemente três ações contra o ex-marido, referentes à divisão da fortuna do sertanejo. 

Segundo o jornal Extra, em um dos processos, iniciado em 2018, Zilu pede uma pensão vitalícia ao cantor. O pedido foi negado na última terça-feira (11) pela juíza Natalia Assis.

Zilu perdeu uma pensão alimentícia que recebia até o ano passado no valor de R$ 100 mil. A mesma quantia, no entanto, vem sendo depositada todo mês na conta dela, mas é referente a um outro acordo que ela fez com Zezé para receber em dinheiro a parte dela de uma fazenda em Goiás.

Segundo o advogado de Zezé contou ao Extra, o sertanejo e a ex-mulher fizeram um acordo na época da partilha de bens em que Zilu ficaria com alguns imóveis e uma quantia de R$ 3,6 milhões referentes à parte dela na famosa fazenda. Essa quantia seria paga em 20 parcelas de R$ 100 mil. A última parte desse montante será depositada agora em setembro. Após isso, Zilu não receberá mais dinheiro do ex-marido.

Zilu, no entanto, briga na Justiça para receber mais R$ 15 milhões da partilha de bens e também quer ter direito a cachês de shows e projetos que o sertanejo realizou após o divórcio. No ano passado, ela entrou com uma segunda ação contra Zezé pedindo a anulação de todos os acordos que os dois fizeram alegando ter sido vítima de um golpe.

Esse pedido também foi negado pela Justiça, que entendeu que Zilu não tem provas válidas suficientes que embasassem as acusações. Zilu alega, por exemplo, que a assinatura que está no acordo não é dela. A ação cabe o recurso de apelação, porém, Zilu não pode produzir novas provas no processo.

Bens de Zilu
Entre os bens que ficaram com Zilu durante a partilha estão o apartamento que ela está morando atualmente em Miami, nos EUA, uma casa em Alphaville, em São Paulo, e alguns outros imóveis em Goiânia. Ela ainda é sócia do ex-marido em algumas empresas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas