Após surto de covid-19, 36 agências bancárias da Bahia fecham temporariamente

bahia
21.01.2022, 05:10:00
((Foto: divulgação) )

Após surto de covid-19, 36 agências bancárias da Bahia fecham temporariamente

Agência do Bradesco localizada na Rua Marquês de Caravelas, no bairro da Barra, volta a funcionar nesta sexta

A agência do Bradesco localizada na Rua Marquês de Caravelas, no bairro da Barra, em Salvador, está fechada desde quarta (19) depois que sete funcionários testaram positivo para a covid-19. O banco voltará a funcionar na sexta-feira (21). Somente nesta semana, 36 agências bancárias fecharam as portas pelo mesmo motivo. 

O presidente do Sindicato dos Bancários, Augusto Vasconcelos, afirma que na semana passada 50 agências foram fechadas por causa da covid-19. “Estamos cobrando que o banco encaminhe teste para toda a equipe das agências, incluindo os vigilantes e os prestadores de serviço terceirizados, mas isso não está ocorrendo em grande parte das agências”, relata. 

Vasconcelos explica que o sindicato tem cobrado aos bancos que eles sigam os protocolos sanitários para evitar a disseminação da doença, mas que na maior parte das agências, ainda que haja casos confirmados de contaminação, as empresas não estão encaminhando todos os funcionários para testagem. “Essa postura do setor mais lucrativo da economia é absurda. O Sindicato dos Bancários já se reuniu com a Fenaban e aguardamos na próxima semana respostas para nossas reivindicações”, declara o presidente. 

Além disso, Vasconcelos conta que irá apresentar um projeto na Câmara Municipal de Salvador para que seja exigido o passaporte da vacina nas agências. “Isso pode reduzir o risco das pessoas desenvolverem a forma grave da doença. Vamos seguir em defesa da saúde para os Bancários, vigilantes, prestadores de serviços e clientes”, finaliza. 

No último dia 10, pelo menos treze agências bancárias da Bahia fecharam as portas por conta de casos de covid. Eram 12 unidades do Bradesco. Em Salvador, nove agências do banco estavam fechadas (Center Lapa, Calçada, Itapuã, Nova Comércio, Prime Comércio, Prime Chame-chame, Centro Empresarial Redenção, Barros Reis e Avenida Manoel Dias). Além disso, também estavam fechadas as agências no Centro de Lauro de Freitas, em Ruy Barbosa e em Santo Antônio de Jesus. A unidade do Itaigara do banco Santander também havia fechado. 

O Bradesco afirmou em nota, na ocasião, que em caso de confirmação de funcionário com coronavírus, a opção é pelo fechamento temporário da unidade para realização do processo de sanitização no prédio: "Trata-se de medida preventiva que tem o objetivo de evitar o risco de propagação da doença". 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas