Apple revela preços do iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max no Brasil

tecnologia
09.10.2019, 12:36:00
Atualizado: 09.10.2019, 13:02:26
(Divulgação)

Apple revela preços do iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max no Brasil

iPhone 11 tem preço sugerido a partir de R$ 4.999; modelo de 512 GB do iPhone 11 Pro Max custa R$ 9.599

A Apple revelou nesta quarta-feira (9) os preços do iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max, que chegam próximo dia 18 no Brasil. Os celulares serão vendidos com valores a partide de R$ 4.999 para o modelo de entrada com 64 GB de espaço. O mais caro, o iPhone 11 Pro Max de 512 GB, chega ao Brasil por R$ 9.599.

Os sites de tecnologia brasileiros destacam que os novos iPhones ficaram menos caros em comparação com a geração passada. Em 2018, a Apple trouxe as versões de 64 GB do iPhone XR por R$ 5.199, do iPhone XS por R$ 7.299 e do iPhone XS Max por R$ 7.999. As cifras diminuíram para R$ 4.999 no iPhone 11, R$ 6.999 no iPhone 11 Pro e R$ 7.599 no iPhone 11 Pro Max, uma redução entre 4% e 5%.

Quanto custa

Estes são os preços do iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max:

  • iPhone 11 de 64 GB: R$ 4.999 (US$ 699)
  • iPhone 11 de 128 GB: R$ 5.299 (US$ 749)
  • iPhone 11 de 256 GB: R$ 5.799 (US$ 849)
  • iPhone 11 Pro de 64 GB: R$ 6.999 (US$ 999)
  • iPhone 11 Pro de 256 GB: R$ 7.799 (US$ 1.149)
  • iPhone 11 Pro de 512 GB: R$ 8.999 (US$ 1.349)
  • iPhone 11 Pro Max de 64 GB: R$ 7.599 (US$ 1.099)
  • iPhone 11 Pro Max de 256 GB: R$ 8.399 (US$ 1.249)
  • iPhone 11 Pro Max de 512 GB: R$ 9.599 (US$ 1.449)
(Foto: Divulgação)

Nos Estados Unidos, a Apple lançou o iPhone 11 por 50 dólares a menos que o iPhone XR, que chegou em 2018 por preços entre US$ 749 e 899. No mercado brasileiro, no entanto, a redução apenas seguiu a média dos outros modelos. Quem optar por comprar fora deve lembrar que as versões americanas não funcionam com o 4G de 700 MHz do Brasil.

Todos os modelos do iPhone 11 já foram homologados pela Anatel. Chegam ao país as mesmas versões que são vendidas na Europa, Ásia e Oceania.

Já os iPhones da América do Norte são de um modelo diferente - EUA e Canadá têm um modelo próprio, sem suporte ao LTE na banda 28, que corresponde no Brasil à frequência de 700 MHz. Isso quer dizer que o iPhone americano funciona no 4G brasileiro, mas pode ter sinal de menor qualidade. Claro, TIM e Vivo atuam com 700 MHz e também com outras frequências nas principais cidade. Para cleintes Oi não faria diferença, já que a operadora não tem nenhum espectro em 700 MHz. 

A banda 28 tem maior capacidade de penetração de sinal, o que ajuda em cobertura para locais fechados e áreas com menos antenas. 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nao-conheco-o-homem-com-quem-dormia-diz-influencer-agredida-pelo-namorado/
Anne Sampaio usou a conta do Instagram para denunciar o agressor
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/digital-influencer-usa-instagram-para-denunciar-namorado-por-agressoes/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mesmo-com-prova-mantida-candidatos-temem-cancelamento-de-concurso-da-pm/
Professores propõem que os concurseiros não se deixem abater e continuem focados nas provas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/poliana-ex-esposa-de-victor-chaves-vive-reclusa-apos-separacao/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/atores-da-televisa-morrem-ao-cair-de-ponte-durante-ensaio-para-serie/
Vítimas faziam parte de elenco da série ‘Sin Miedo a la Verdad’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/blecaute-em-morro-de-sao-paulo-deixa-turista-sem-banho-e-gera-prejuizo-no-comercio/
Balneário ficou 20 horas sem luz; concessionária cita 'defeito em equipamento'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-e-uma-feijoada-inorganica/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/martnalia-volta-ao-tca-com-show-em-homenagem-a-vinicius-de-moraes/
Apresentação que aconteceria na Concha nesta sexta (17) foi transferida para a Sala Principal
Ler Mais