Apps de Games ultrapassam 1,1 bilhão de downloads no Brasil; mercado pode crescer

ivan dias marques
07.09.2021, 06:00:00

Apps de Games ultrapassam 1,1 bilhão de downloads no Brasil; mercado pode crescer

Embora sejam favoritos de muistas pessoas (quase todo mundo tem ao menos um no celular), aplicativos de games ainda têm muito a conquistar no Brasil. É o que mostram dados inéditos do estudo O Estado do Marketing de Apps no Brasil 2021, da AppsFlyer e da App Annie.

De acordo com o estudo, apesar das mais de 1,1 bilhão de instalações no primeiro trimestre de 2021, o que significa um aumento ano após ano de 15%, o país viu aumentar a leva de novos apps de jogos em 50%, o que faz com que a competição cresça bastante. Motivados a conhecer e experimentar novos jogos estando em períodos maiores em casa, os brasileiros instalam mais, mas também desinstalam. Apps de games foram os que apresentaram a maior taxa de desinstalação entre todas as categorias de apps, no comparativo do primeiro trimestre de 2020 e 2021: 67%. Mais que isso, três a cada cinco apps de jogos são desinstalados nos primeiros 30 dias após download.

Atento a essa competição, o marketing de apps de games aumentou gastos com aquisição de usuários de US$ 27 milhões no primeiro trimestre de 2020 para US$ 45 milhões no mesmo período em 2021. A maioria das instalações de apps de todas as categorias no Brasil são não-orgânicas, ou seja, o usuário é influenciado a baixar. No primeiro trimestre de 2021, 76% das instalações de games foram não-orgânicas, impulsionadas por investimentos de marketing. Se comparados os primeiros trimestres de 2019 e 2021, as instalações não-orgânicas de apps de jogos cresceram 225%, o que mostra um certo sucesso no marketing realizado pelas produtoras/distribuidoras.

Além da competitividade entre os apps e necessidade de maior investimentos em aquisição de usuários, o mercado brasileiro de apps de games continua apresentando uma grande oportunidade de crescimento: o Brasil é o 4º maior mercado de apps em downloads. Além disso, no primeiro trimestre de 2021, apps de games chineses representaram 24% das instalações no Brasil, e apps brasileiros, apenas 1%. Outra revelação do estudo que mostra a oportunidade para apps de games é a de que essa categoria é a que mais atrai gastos dos consumidores, com aumento de 64% na receita no comparativos dos trimestres (2020 e 2021). Ou seja, um filão qe pode ser bastante lucrativo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas