Aprovação de Bolsonaro despenca no Nordeste após fim do auxílio

brasil
04.02.2021, 10:45:34
Atualizado: 04.02.2021, 10:48:25
(Alan Santos/PR)

Aprovação de Bolsonaro despenca no Nordeste após fim do auxílio

Taxa de aprovação que chegou a 55% em setembro hoje encontra-se em 29%

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro no Nordeste chegou a 29%, após uma trajetória acentuada de queda nos últimos quatro meses. O valor é um dos mais baixos registrados na região desde o início do mandato.

De acordo com a pesquisa PoderData, do site Poder360, em janeiro, 36% da população nordestina aprovava o governo Bolsonaro. Para efeitos de comparação, em setembro, último mês do auxílio-emergencial, a taxa era de 55% de aprovação.

Com o fim do programa de assistência social, as taxas de aprovação despencaram, e as taxas de desaprovação começaram a subir. Hoje, 59% da população do Nordeste desaprova o governo. Em setembro, o valor era de apenas 33%.

No Brasil, os resultados divergem do Nordeste. 48% da população desaprova o governo de Jair Bolsonaro, enquanto 40% aprovam. Além disso, no âmbito nacional, as taxas se mantiveram mais estáveis, não apresentando grande variação mesmo com o fim do coronavoucher.

A pesquisa foi composta por 2.500 entrevistas em 519 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas