Assessor parlamentar atira em cachorro da raça golden retriever e alega legítima defesa

brasil
01.03.2020, 13:05:00
Atualizado: 02.03.2020, 11:26:06

Assessor parlamentar atira em cachorro da raça golden retriever e alega legítima defesa

Cachorro era do dono de uma pousada vizinha

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O assessor parlamentar Rodolfo Laterça, lotado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, está sendo investigado por atirar em um cachorro. O caso aconteceu no dia 21 de fevereiro, em Campos do Jordão (SP), mas a Polícia Civil de São Paulo cumpriu um mandado de busca na última sexta-feira (28). Na ocasião, uma arma foi apreendida. 

Rodolfo é suspeito de ter atirado em um cachorro da raça Golden Retriever, em sua própria casa, localizada no Alto da Boa Vista. De acordo com o G1, o assessor confessou à polícia que fez o disparo e alegou que foi em legítima defesa. 

O cão pertence ao proprietário de uma pousada que fica ao lado do imóvel de Rodolfo. 

"Estava chovendo e o cachorro estava brincando com as crianças que estavam hospedadas na pousada. De repente, ouvimos um barulho, como um raio, fui procurar pelo cachorro e o encontrei ensanguentado”, contou o proprietário da pousada, Bernard Contipelli, ao G1. 

Cachorro foi ferido por arma de fogo (Foto: Reprodução/Acervo pessoal)

O cachorro foi levado a um hospital veterinário, onde foi constatado que o ferimento foi causado por uma arma de fogo. O cão teve duas paradas cardíacas e passou por cirurgia, mas, segundo o dono, passa bem. 

Quintal de casa
A polícia informou que, ainda no dia 21, policiais militares foram à casa do assessor parlamentar, que se recusou a recebê-los. Depois que ele foi identificado, a Justiça expediu o mandado de busca e apreensão da arma. 

O assessor afirmou que atirou no cachorro porque suas filhas brincavam no quintal de casa quando foram surpreendidas pelo animal. Elas teriam se assustado e gritado pelo pai, que fez o disparo. Ele disse, ainda, não ter visto que o animal foi baleado. 

Rodolfo Laterça é inspetor de Segurança da Secretaria de Administração Penitenciária e está lotado no gabinete do deputado estadual Anderson Moraes (PSL-RJ) desde 2019. Ele foi liberado pela polícia após prestar depoimento. 

Ao G1, a equipe de Anderson Moraes informou que o deputado “abomina qualquer tipo de maus-tratos a animais”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas