Assessoria confirma hospitalização de Flordelis; motivo foi consumo excessivo de remédios

brasil
24.02.2021, 13:05:00
(Claudio Andrade/Agência Câmara)

Assessoria confirma hospitalização de Flordelis; motivo foi consumo excessivo de remédios

Equipe da pastora e deputada federal justificou o acontecimento por conta das última decisões da Câmara e da Justiça

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A assessoria de imprensa da deputada federal Flordelis informou nesta quarta-feira (24), através das redes sociais, que a parlamentar foi internada na noite de ontem (23) após um quadro de "excesso de medicações". Ela se encontra no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do hospital Niterói D'Or, localizado na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

De acordo com a nota, a assessoria de Flordelis justifica o consumo excessivo de medicamentos por conta da decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) de afastá-la do cargo de deputada federal, publicada ontem. Além disso, a Câmara dos Deputados decidiu pela abertura de procedimento disciplinar contra a pastora que pode culminar com a perda do mandato por quebra de decoro parlamentar.

Flordelis é suspeita de ser a mandante do assassinato do pastor Anderson do Carmo, seu ex-marido. O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou a deputada como mandante do assassinato do marido, em junho de 2019. Ela nega e diz ser vítima de uma armação.

Confira abaixo a nota na íntegra divulgada pela assessoria de Flordelis:

"O artigo quinto da Constituição Brasileira, garante a todos os cidadãos e cidadãs o legítimo direito à ampla defesa, respeitar a Constituição é um dever de todos e todas que se consideram democráticos e patrióticos.

A Deputada Flordelis vem sofrendo um linchamento público, antes mesmo do fim da primeira fase do processo que investiga a morte de seu marido, o Pastor Anderson do Carmo, ela vem sendo condenada e humilhada perante a opinião pública, sem nenhum direito de defesa.

Flordelis é inocente, nenhuma prova foi revelada contra ela e na última audiência suas filhas além de assumirem a autoria do crime também negaram a participação ou ciência da Deputada. Porém, a despeito dos fatos, convicções estão sentenciando o destino de uma mulher íntegra, honesta, de origem periférica e que tem sua história pautada na defesa da vida.

Ontem (23/2/2021), por volta das 19h30 a Deputada deu entrada na emergência do Hospital Niterói Dor em Icaraí, sendo encaminhada para o CTI onde se encontra até o momento

A internação se deu pelo o excesso de medicação tomada após a injusta decisão do pedido de seu afastamento do mandato de Deputada Federal, com a justificativa que atrapalharia as investigações, que pasmem, encerraram em sua primeira fase, não cabendo, portanto, nenhuma possibilidade de utilização de seu cargo para prejudicar o processo.

A expectativa de familiares e amigos é que a Deputada possa estar restabelecida e fora do CTI em breve e que tenha o seu amplo e irrestrito direito de defesa garantido, como prevê a lei."

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas