Assista: Glenn Greenwald fala na Câmara sobre as mensagens da Lava jato

brasil
25.06.2019, 16:19:00
Atualizado: 25.06.2019, 16:21:40
(Foto: Reprodução)

Assista: Glenn Greenwald fala na Câmara sobre as mensagens da Lava jato

Jornalista disse que 'não dá para combater corrupção com corrupção'

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O jornalista americano Glenn Greenwald, editor do The Intercept Brasil, fala nesta terça-feira (25) sobre as mensagens que envolviam o atual ministro da Justiça Sergio Moro, quando ele era juiz da Lava Jato, vazadas pelo seu site. Glenn está em uma audiência na Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

Assista:

O convite para ouvir o jornalista partiu dos deputados Camilo Capiberibe (PSB-AP), Carlos Veras (PT-PE), Márcio Jerry (PCdoB-MA) e Túlio Gadelha (PDT-PE).

“O jornalismo mais importante nas ultimas décadas foi baseado em informações e documentos muitas vezes roubados. Os vazamentos são para fortalecer e não para enfraquecer a luta contra a corrupção. É impossível lutar contra a corrupção usando corrupção”, afirmou Glenn.

Na audiência, a expectativa é que Glenn explique a publicação das mensagens, além de detalhar como recebeu os arquivos e justificar a estratégia adotada de divulgação.

Glenn Greenwald é um jornalista americano vencedor do prêmio Pulitzer por ter revelado, em 2013, um sistema de espionagem em massa dos EUA com base em dados vazados por Edward Snowden.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas