Atendimento é suspenso em posto de vacinação da FTC e causa confusão no local

coronavírus
12.05.2021, 19:17:55
(Nara Gentil/Correio)

Atendimento é suspenso em posto de vacinação da FTC e causa confusão no local

Vacina contra a covid-19 só foi disponibilizada no local para quem fez o agendamento; presentes acusam órgãos do Governo e da Prefeitura de faltar com informações

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma confusão se formou nesta quarta-feira (12) no posto de vacinação contra a covid-19 da faculdade FTC, na Avenida Paralela. O atendimento foi suspenso no local, estando disponível apenas para quem fez o agendamento prévio, o que causou revolta das pessoas que estavam na fila para se imunizar contra o coronavírus.

“Cadê as 80 mil doses? Só botaram ontem 18 mil. Tive três AVCs. Tomo cinco remédios. Tem vários lugares, botam longe pra gente não ir, chega lá, não tem vacina. E o responsável não soube dar explicações”, indagou o idoso Bartolomeu Vieira, que compareceu ao posto de vacinação. 

“O secretário Léo Prates fala uma coisa, o secretário Fábio Vilas Boas fala outra coisa. Não tem ninguém lá que possa dar uma informação certa. Estão chamando a gente de burro. Ou vou tomar quando alguém quiser me dar a vacina, ou quando eu estiver morto. Precisamos que as autoridades de saúde sejam verdadeiras, sem ficar com palavras bonitas para justificar os erros”, complementa.

Railda Marques também compareceu ao posto da FTC, e acabou classificando a experiência no local como terrível. Ela também criticou a falta de informações disponibilizadas pelas secretarias de saúde, afirmando que mesmo quem acompanha diariamente todas as notícias e informações publicadas na imprensa está ficando confuso, o que gera problemas na organização da vacinação.

"Muitas pessoas estavam lá, idosos, pessoas com mais de setenta anos. Pessoas com banquinho. Eu mesmo levei um banco porque eu não aguento, tenho 63 anos, possuo diabetes, sou hipertensa, sou cardiopata, operada, entendeu? Tenho três pontes de safena, não era pra eu estar naquela fila, era pra eu ter uma prioridade, uma pessoa de 63 anos com essas patologias, não era pra eu tá ali. É muito frustrante", afirma Railda.

O CORREIO tentou entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, responsável pela vacinação na capital baiana, no entanto, a SMS afirmou ainda não ter as informações sobre o procedimento das vacinações no posto da FTC para os próximos dias até o fechamento desta reportagem.

(Nara Gentil/Correio)
(Nara Gentil/Correio)
(Nara Gentil/Correio)
(Nara Gentil/Correio)
(Nara Gentil/Correio)

 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas