Atropelamento em ciclovia deixa pelo menos oito morto em Nova York

mundo
31.10.2017, 17:07:00
(AFP)

Atropelamento em ciclovia deixa pelo menos oito morto em Nova York

Moradores e turistas foram orientados a evitar a região; um suspeito foi preso

Pelo menos 8 pessoas morreram  e 11 ficaram feriddas quando um homem que dirigia uma caminhonete avançou nesta terça-feira, 31, contra ciclistas e pedestres em uma ciclovia no sul de Manhattan em alta velocidade. Ele só parou após seu veículo se chocar contra um ônibus escolar, informou a Polícia de Nova York.

O suspeito foi baleado e preso perto do One World Trade Center (onde antes ficava o World Trade Center). O FBI assumiu a investigação e trata o caso como um atentado terrorista. “Esse foi um ato de terrorismo”, disse o prefeito da cidade, Bill de Blasio.

Fontes próximas da investigação disseram à CNN que o suspeito teria gritado "Allahu Akbar" (Alá é o maior, em árabe) durante o ataque. A polícia não revelou a identidade do autor, apenas sua idade, 29 anos, da Flórida. 

Num primeiro momento, a polícia informou que o suspeito estava armado e abriu fogo. Posteriormente, as autoridades descobriram que ele portava uma arma falsa e os sons de tiros relatados por testemunhas foram de alguma maneira fabricados. 

O governador do Estado de Nova York, Andrew Cuomo, descreveu o motorista como um “lobo solitário”. Segundo ele, “não há nada que sugira uma ampla conspiração”. 

O presidente Donald Trump reagiu com uma mensagem no Twitter: “Em NYC, parece haver outro ataque de uma pessoa doente e desequilibrada. A polícia está seguindo isso de perto. NÃO NOS EUA!”

Uma testemunha do ocorrido contou à rede de TV ABC que viu um carro branco entrar em alta velocidade pela ciclovia da West Side e atingir várias pessoas. Ele também disse ter ouvido tiros e visto corpos no chão.  Uma segunda testemunha disse à Associated Press também ter visto o atropelamento. 

Uma grande parte da avenida foi fechada para investigações. Centenas de policiais estão no local, incluindo um esquadrão antibomba, mas a polícia disse que não procura outros suspeitos.

Veículo usado em atentado terrorista (Foto: AFP)

Alunos do Colégio Stuyvesant disseram ter visto o homem abrir fogo depois de sair de uma caminhonete aparentemente alugada. Vídeos publicados em redes sociais mostraram bicicletas destruídas no rastro da caminhonete, além de corpos estirados no chão. Alguns prédios nos arredores do ataque foram isolados.

Esse é o primeiro ataque com veículos nos Estados Unidos a deixar mortos. Ataques do tipo se multiplicaram a partir de meados do ano passado, quando um tunisiano usou um caminhão para matar 84 pessoas em Nice, na França, durante a celebração de 14 de julho. 

Os EUA registraram dois casos antes, em 2006 e novembro de 2016, mas eles não deixaram mortos. O último grande atentado com veículo ocorreu em agosto na Espanha, quando o motorista em uma perua avançou sobre uma multidão em uma área turística de Barcelona. Treze pessoas morreram e 100 ficaram feridas. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas