Bahia encosta na Chape e segue como segunda pior defesa do Brasileirão

e.c. bahia
25.07.2021, 13:28:00
Atualizado: 25.07.2021, 13:41:36
Matheus Bahia, Nino, Gilberto e Patrick de Lucca em treinamento no CT Evaristo de Macedo (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia encosta na Chape e segue como segunda pior defesa do Brasileirão

Tricolor está a um gol sofrido de se igualar ao lanterna em números defensivos

Oito gols sofridos em dois jogos. Três derrotas seguidas. Esse é o Bahia, que vai afundando em "bad trip" na temporada. O algoz da vez foi o Atlético-MG, que aplicou 3x0 no tricolor (veja gols abaixo) dentro do Mineirão neste domingo (25) e fez com que a defesa azul, vermelha e branca chegasse ao grave registro de 22 gols sofridos em 13 partidas.

O número só não é pior do que os sofridos pela Chapecoense, atual lanterna do Brasileirão com 4 pontos, que sofreu 23 gols em 12 jogos. A Chape enfrenta o Juventude logo mais às 18h.

Volante do Bahia, Matheus Galdezani falou em entrevista após a derrota que é muito doloroso perder partidas sofrendo um volume tão grande de gols. 

"A gente não queria. Estamos pecando por poucas coisas, sabe? Professor Dado tem dado os trabalhos, temos feito muito bem. É detalhe, sabe? O que a gente está errado. Estamos sofrendo esses gols e não pode, ainda mais contra esses times como Flamengo e Atlético-MG porque os caras vão chegar e matar", afirmou ao canal Premiere. 

Somente em 4 dos 13 jogos disputados neste Campeonato Brasileiro o Bahia conseguiu sair de campo sem levar gols: nas vitórias contra Santos (3x0), Chapecoense (2x0) e Juventude (1x0), além do empate em 0x0 contra o Corinthians. 

A chave do Bahia vira do Brasileirão para a Copa do Brasil, onde o time de Dado Cavalcanti volta a enfrentar o Atlético-MG, dentro do Mineirão, reeditando a peleja deste final de semana. Para sonhar em voltar às quartas da competição, é preciso estancar a sangria na defesa e também melhorar os números ofensivos: o Bahia já não marca um golzinho sequer há três partidas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas