Bahia joga mal, mas bate o Bahia de Feira e segue no G4 do Baianão

e.c. bahia
18.04.2021, 18:14:00
Atualizado: 18.04.2021, 21:21:01
Marcelo foi o autor do gol que garantiu o triunfo do Bahia sobre o Bahia de Feira (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia joga mal, mas bate o Bahia de Feira e segue no G4 do Baianão

Marcelo, aos 37 minutos do segundo tempo, garantiu o triunfo do Esquadrão por 1x0

O Bahia segue no G4 do Campeonato Baiano. Neste domingo (18), o time de transição tricolor bateu o Bahia de Feira por 1x0 em Pituaçu, pela 8ª rodada do estadual. Com o resultado, o Esquadrão chegou aos 12 pontos e se manteve na 4ª colocação.

Foi um jogo ruim do Bahia, que mostrou muitas dificuldades mesmo com a vantagem numérica - a equipe ficou com um jogador a mais desde os 39 minutos do primeiro tempo, quando Hugo Freitas, do Tremendão, foi expulso. O triunfo só foi garantido aos 37 da segunda etapa, com gol de Marcelo. 

Na próxima e última rodada do Baianão, o Bahia enfrenta o Jacuipense em Pituaçu. O jogo será no dia 28, uma quarta-feira, às 19h30. Já o Bahia de Feira recebe o Unirb na Arena Cajueiro, no mesmo dia e horário.

Primeiro tempo

O Bahia começou comandando as principais ações ofensivas da partida, mas tinha dificuldade para mostrar qualidade nas finalizações e não conseguia incomodar muito o goleiro Jean. Ignácio e Gustavo tentaram ainda no início, mas os lances foram para fora. Aos 15, o atacante do Esquadrão apareceu com perigo mais uma vez, quando recebeu na ponta direita e driblou Wesley. Só que, quando ia tocar para Marcelo, mandou nas mãos do goleiro Jean.

Enquanto isso, o Bahia de Feira tentava se defender e sair no contra-ataque, mas pouco conseguia fazer. O Tremendão só conseguiu sua primeira finalização aos 33 minutos. Cazumba recebeu na esquerda e cruzou para Hugo Freitas, na área, que cabeceou para fora. Na sequência, em nova bola levantada na área, Deon subiu livre e cabeceou forte, mas também errou a pontaria.

O Esquadrão voltou a ter ótima chance aos 38 minutos. Bruno Camilo deu lindo passe para Daniel Penha, que mandou uma bomba, defendida por Jean. Logo depois, Gustavo recebeu enfiada de bola nas costas da marcação e tocou para Renan Guedes, livre na área. Mas o lateral pegou mal e desperdiçou.

Aos 39 minutos, o Tremendão ficou com um homem a menos. Hugo Freitas, que já tinha um cartão amarelo, levou o segundo após disputa de bola com Renan Guedes e foi expulso.

Dois minutos depois, Ignácio sofreu falta dentro da área. Mas, mesmo na cara do lance, o árbitro disse que foi fora e não marcou pênalti. Daniel Penha cobrou a falta e acertou a barreira. Aos 44, o meia recebeu na medida de Gustavo, só que finalizou para fora.

Segundo tempo

Com um jogador a mais, o Bahia teve uma incrível chance de abrir o placar aos 8 minutos do segundo tempo. Raniele arriscou de longe, Jean defendeu mas deu o rebote nos pés de Marcelo. Só que, mesmo com o goleiro caído, o atacante perdeu a ótima oportunidade e mandou para fora.

Aos 12, Pablo sofreu falta na entrada da área do Bahia de Feira. Daniel Penha cobrou por fora da barreira, só que Jean se esticou e impediu o gol. 

Após as tentativas, o Esquadrão mostrou dificuldade em converter a vantagem numérica em bons lances - e, em alguns momentos, os visitantes atuaram melhor. Mas, aos 37, Marcelo conseguiu se redimir. Bruno Camilo cobrou escanteio, o camisa 9 se antecipou na primeira trave e mandou de cabeça para o fundo da rede. 

O Tremendão ainda tentou empatar aos 43, quando Diones pegou uma sobra e emendou de bicicleta, mas Matheus Teixeira saltou, impediu o gol e garantiu o triunfo do Esquadrão.

FICHA TÉCNICA

Bahia 1x0 Bahia de Feira - 8ª rodada do Campeonato Baiano

Bahia: Matheus Teixeira, Renan Guedes, Ignácio (Jeremias), Gustavo Henrique e Felipinho (Mayk); Raniele, Bruno Camilo e Pablo; Daniel Penha (Gustavo Brinquedo), Gustavo (Fabrício) e Marcelo (Caio Mello). Técnico: Cláudio Prates.

Bahia de Feira: Jean; Jarbas (Eduardo), Paulo Paraíba, Wesley e Cazumba; Hércules (Jonathan), Diones, Pedro Neto (Marcone Pelé) e Thiaguinho (Danrlei); Hugo Freitas e Deon (Bruninho). Técnico: Oliveira Canindé.

Estádio: Pituaçu, em Salvador
Gol: Marcelo, aos 37 minutos do segundo tempo
Cartão amarelo: Gustavo Henrique, Jeremias e Caio Mello, do Bahia; Hércules e Bruninho, do Bahia de Feira;
Cartão vermelho: Hugo Freitas, do Bahia de Feira;
Arbitragem: Eziquiel Sousa Costa, auxiliado por Jucimar dos Santos Dias e José Carlos Oliveira dos Santos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas