Bahia negocia a contratação de atacante do Palmeiras

e.c. bahia
17.12.2019, 11:00:00
Carlos Eduardo está no Palmeiras (Cesar Greco/Ag Palmeiras)

Bahia negocia a contratação de atacante do Palmeiras

Tricolor tem conversas avançadas para contar com o jogador em 2020

O Bahia está muito perto de anunciar a segunda contratação para o time principal em 2020. Trata-se do atacante Carlos Eduardo, de 23 anos, que pertence ao Palmeiras. 

As conversas entre as partes estão avançadas e o martelo deve ser batido nos próximos dias. A tendência é que o tricolor compre parte dos direitos econômicos do jogador. 

Carlos Eduardo é cria das divisões de base do Goiás e chamou a atenção com a camisa do esmeraldino em 2016 e 2017, quando marcou 10 e 12 gols, respectivamente. Em 2018, foi vendido ao Pyramids por 6 milhões de dólares (R$ 23 milhões na cotação da época). 

A aventura pelo Egito durou pouco tempo. Foram apenas dez jogos com a camisa da equipe. No início deste ano, Carlos Eduardo foi adquirido pelo Palmeiras a pedido do técnico Felipão. 

No alviverde, o jogador não rendeu o esperado. Ele disputou 19 jogos e fez apenas um gol em toda a temporada - na Série A, jogou sete partidas, só uma como titular. Além do Bahia, Athletico-PR e Bragantino demonstraram interesse no atleta. 

No Esquadrão, Carlos Eduardo seria alternativa para a função que era exercida por Artur, como ponta. Com o fim do empréstimo, o camisa 98 do tricolor retornou justamente ao Palmeiras, clube com o qual tem contrato.  

Até o momento, o Bahia anunciou o meia Daniel, que estava no Fluminense, para o time do técnico Roger Machado. Outros atletas, como o meia-atacante Fessin, do Corinthians, e o atacante Régis, da Chapecoense, vão integrar o time de aspirantes, treinado por Dado Cavalcanti e que vai disputar o Campeonato Baiano. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas