Bahia reencontra sua torcida e Nonato pelo Baianão

e.c. bahia
26.01.2020, 06:00:00
Arthur Rezende deverá faz sua estreia pelo Bahia neste domingo (26) (Felipe Oliveira/ECBahia/Divulgação)

Bahia reencontra sua torcida e Nonato pelo Baianão

Time de transição encara o Vitória da Conquista, em Pituaçu

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O torcedor do Bahia ficou mais de um mês sem ver seu time jogar, mas não pode reclamar mais. De sábado (25) a quarta (29), serão quatro jogos em cinco dias por competições profissionais. Após o empate em 0x0 contra o Santa Cruz, pela Copa do Nordeste, com o time principal, a equipe de transição encara, neste domingo (26), o Vitória da Conquista, às 16h, em Pituaçu, pela 2ª rodada do Campeonato Baiano. Será o primeiro jogo em Salvador no ano.

Na estreia, a equipe do treinador Dado Cavalcanti ficou no 1x1 com a Juazeirense, em Juazeiro, e busca o primeiro triunfo no estadual. Um dos trunfos para isso é a estreia do meia Arthur Rezende, que atuou pelo Guarani em 2019. O jogador treinou com a equipe principal em boa parte do tempo desde que chegou ao Bahia, no início de janeiro e recebeu elogios do técnico Roger Machado.

 “Sempre é importante estar jogando, o professor Roger pediu pra gente trabalhar nas duas equipes e ajudar a equipe de transição a sair com o triunfo dentro de casa”, afirmou Arthur, de 25 anos, que atuou pelo Bugre em 30 jogos, marcando 4 gols. “Gosto de baixar para ajudar na saída de bola, na saída de jogo, gosto de marcar e ter a bola. Controlar o jogo, dar passe e estar sempre na área para finalizar e fazer gols também”, contou, sobre suas características.

A equipe do Bahia deverá atuar com Fernando, Lepo, Ignácio, Fábio Alemão (Jaques) e Mayk; Edson, Ramon e Arthur Rezende; Gabriel Esteves, Saldanha e Gustavo. O zagueiro Anderson, expulso contra o Cancão, é desfalque.

No Conquista, o grande destaque é o atacante Nonato. Cria da base do Bahia, o centroavante ainda não marcou pelo Bode e busca ir à rede pela primeira vez exatamente no reencontro com o clube que o projetou. 

O alviverde estreou com empate em casa em 2x2 com o Jacuipense. A tendência é que a equipe de Elias Borges inicie a partida com Lupitinha, Rone, Rhamon Mexicano, Sílvio e Otávio; Felipe Silva, Fagner, Dinda e Carlinhos; Nonato e Rafinha.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas