Bahia tem frustração de R$4,8 milhões com eliminação para o River

e.c. bahia
05.02.2020, 23:56:00
Atualizado: 06.02.2020, 15:27:05
Gregore marca jogador do River no confronto entre os times em Teresina (Victor Costa / River AC)

Bahia tem frustração de R$4,8 milhões com eliminação para o River

Expectativa do tricolor era alcançar no mínimo a quarta fase da Copa do Brasil

A primeira derrota do Bahia na temporada 2020 veio em forma de vexame na noite desta quarta-feira (5). O tricolor foi derrotado por 1x0 diante do River, no estádio Albertão, em Teresina, e caiu na primeira fase da Copa do Brasil.

A eliminação encerrou, de maneira precoce, o objetivo do Esquadrão em dar passos mais largos e voltar a conquistar um título de expressão. Além da perda técnica, a derrota afeta também as pretensões financeiras do clube.

Se avançasse à segunda fase da Copa do Brasil, o Bahia garantiria premiação de R$ 1,3 milhão. No orçamento para a temporada 2020, apresentado em dezembro do ano passado, a expectativa da diretoria era de chegar pelo menos à quarta fase. Dessa forma, o clube receberia R$ 5,9 milhões em premiações.

O valor é bem menor do que o conquistado pelo Esquadrão. Com a eliminação, o clube recebe apenas a cota de participação na primeira fase, que é de R$ 1,1 milhão. Frustração de R$ 4,8 milhões.

No ano passado, o Bahia chegou até a fase quartas de final, eliminado pelo Grêmio com derrota por 1x0 na Fonte Nova. Pelo desempenho, faturou R$ 11,7 milhões.

O tricolor agora foca no clássico contra o Vitória, sábado (8), às 18h, na Fonte Nova, pela terceira rodada da Copa do Nordeste.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas