Bandidos roubam frei, trocam tiros com a PM e batem carro no Rio Vermelho

salvador
26.01.2017, 09:16:00
Atualizado: 26.01.2017, 19:35:26

Bandidos roubam frei, trocam tiros com a PM e batem carro no Rio Vermelho

Perseguição começou na Avenida Sete e terminou no Rio Vermelho, onde os bandidos bateram o carro

Dois assaltantes foram mortos na noite desta quarta-feira (25) durante uma troca de tiros com a Polícia Militar no bairro Rio Vermelho, em Salvador. Antes do tiroteio, foram perseguidos da Avenida Sete de Setembro até a curva da Rua da Paciência, onde perderam o controle da direção e bateram em um poste.

O crime aconteceu por volta das 21h, quando três suspeitos roubaram o carro, um Duster marrom, na Rua Oito de Dezembro, na Graça, de um frei que mora no Convento da Piedade. "Ele foi surpreendido pelos bandidos quando estacionava o em frente a um prédio. Saiu do caso à base de xingamentos, mas se manteve tranquilo", contou outro frei. Ainda segundo o colega, o frei estava no local dando a benção à uma fiel católica.  Testemunhas acionaram a 11ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Barra), que localizou os bandidos dentro do veículo na Avenida Sete. 

Carro da paróquia ficou danificado após perseguição com a polícia
(Foto: Bruno Wendel/CORREIO)

Os suspeitos perceberam a presença da polícia, começaram a fugir, mas a viatura iniciou uma perseguição. Segundo o major Assemany, comandante da 11ª CIPM/Barra, durante a caçada, os bandidos bateram em carros que trafegavam pelas ruas e fizeram disparados contra a PM.

Os suspeitos desceram pelo Porto da Barra, passaram por Ondina e, quando chegaram na curva da Rua da Paciência, no Rio Vermelho, perderam o controle da direção e bateram em um poste. Ainda de acordo com a polícia, o trio desceu do carro e voltou a fazer disparos contra os policiais. A PM revidou e dois dos suspeitos foram atingidos. Eles ainda não foram identificados.

Buscas
Um dos bandidos foi atingido no tórax, quadril, braço esquerdo, perna esquerda, pescoço e mandíbula. Já o outro foi atingido no quadril. Ambos foram socorridos por uma viatura da 12ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Rio Vermelho), para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde morreram. Com eles foram apreendidos dois revólveres calibre 38.

O terceiro conseguiu fugir a pé. A 11ª CIPM/Barra continuou a busca pelo fugitivo, mas não conseguiu localizá-lo. "Eles saíram batendo em alguns carros, mas ainda não conseguimos identificar esses motoristas que foram atingidos, porque ainda não apareceram pra prestar depoimento", disse Assemany. 

O carro ficou sem condições de tráfego e foi guinchado, com auxilio da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), e encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde será periciado. Os pertences pessoais do frei foram devolvidos. Segundo o major, o frei informou que o veículo possui seguro e pertence à paróquia. O carro era usado, basicamente, para o transporte dos párocos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas