Baralho do Crime é atualizado com nove novas cartas

salvador
31.07.2018, 20:59:19
Atualizado: 31.07.2018, 21:02:36

Baralho do Crime é atualizado com nove novas cartas

Criminosos atuavam em diferentes áreas da cidade

Nove novos criminosos foram adicionados ao Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), nesta terça-feira (31). Segundo a instituição, Carlos Henrique Santos Silva, o 'Cumpadre', é o novo 'Rei de Paus', uma das mais altas cartas do baralho. Homicida, ele substitui Ednelson Nascimento Conceição, o 'Mágico' ou 'Belo', capturado na última semana. 

Com atuações no bairro de Santa Cruz, Émerson dos Santos, apelidado de 'Leno', estampa a imagem do 'Seis de Paus', removendo Gilmar Sousa Pinheiro, o 'Gil PT'. Já José Nílton Ramos dos Santos Júnior, apelidado de  'Esquerdinha', ocupa o lugar do traficante Cleber Santos da Silva, o 'Keu', preso recentemente, como 'Dois de Paus'. Leno e Esquerdinha são homicidas 

São também homicidas e de Salvador duas das mais altas cartas do naipe de Espadas, o rei e a dama: William dos Santos Santana, o 'Choquito', e Leandro Anjos Santos, apelidado de 'Teminho'. Choquito remove Cosme Paixão Lisboa, o 'Coe', enquanto Teminho substitui Leonardo Ferreira de França, o 'Nado'. 

Cleber Costa Soares, o 'Keka', procurado por homicídio, entra no lugar de Giovani Costa Marinho, o 'Gel', já preso. Keka, que atua na região de Santa Cruz, é agora o 'Cinco de Espadas'. Procurado por homicídio qualificado e agindo na região de Jequié, no Sudoeste baiano, Abel Miranda Campos passa a ser o 'Dez de Ouro', substituindo Cláudio Santos Nascimento, o 'Zinho'.  

Traficantes de Jequié e Conquista também foram inseridos nesta ferramenta da Segurança Pública no naipe de copas: Joabson Bispo Silva, popularmente conhecido como 'Nonon', é o 'Sete', retirando Thiago Freitas Rodrigues, chamado de 'Penteado' ou 'Pente', e Diogo Oliveira Campos, o 'Kiko',  é o 'Quatro', entrando no lugar Victor Souza Ramos, o 'Juca Bala''. 

Ao reconhecer um integrante do baralho, qualquer pessoa pode entrar em contato com a polícia, através do Disque Denúncia, 3235-0000 (capital) e 181 (interior do estado), com garantia de identidade preservada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas