'Batom de cereja', de Israel & Rodolffo, é clipe mais visto no Brasil em 2021

variedades
01.12.2021, 11:04:00
(Divulgação)

'Batom de cereja', de Israel & Rodolffo, é clipe mais visto no Brasil em 2021

Apesar do sertanejo na frente, top 10 do Youtube é dominada pelo forró

O clipe da música "Batom de cereja", de Israel e Rodolffo, voi o mais visto no Youtube do Brasil em 2021. O site divulgou nesta quarta-feira (1º) a lista com os dez vídeos musicais mais vistos neste ano no país.

Apesar da dupla sertaneja estar na ponta, o forró aparece de maneira mais predominante. "Batom de cereja" teve bastante destaque com a participação de Rodolffo no BBB21.

Cinco dos dez clipes mais vistos são de forró, com Barões da Pisadinha, Matheus Fernandes, Raí Saia Rodada, Zé Vaqueiro e Brisa Star. Completam a lista três clipes de funk e um de rap.

Veja:

1. Israel & Rodolffo - "Batom De Cereja"



2. Os Barões da Pisadinha - "Esquema Preferido"



3. Matheus Fernandes e Dilsinho - "Baby Me Atende"



4. Raí Saia Rodada - "Tapão Na Raba"



5. MC Don Juan, MC Davi e MC Pedrinho, DJ 900 - "Bipolar"



6. DJ Boy, MC's V7, Letto, Leozinho ZS, IG, Joaozinho VT, Davi e Kako - "Coração Gelado 2"



7. Zé Vaqueiro - "Volta comigo bb"



8. MC Poze do Rodo - "Vida Louca (prod. Neobeats)"



9. Brisa Star ft Thiago Jhonathan - "Se Joga No Passinho"



10. MC Poze do Rodo, Bielzin, PL Quest e MC Cabelinho (prod. Neobeats) - "A Cara do Crime (Nós Incomoda)"

Na lista, o Youtube contabiliza visualizações locais de videoclipes oficiais enviados em 2021, retirando trailers e vídeos infantis. O período analisado é de 1º de janeiro a 15 de novembro.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas