BBB 20: Pyong é o novo líder; Babu segue na Xepa

entretenimento
05.03.2020, 23:59:00
Atualizado: 06.03.2020, 00:50:10
(Reprodução/Globo)

BBB 20: Pyong é o novo líder; Babu segue na Xepa

Ao vencer prova ao lado de Daniel, hipnólogo está fora do Quarto Branco, que começa nesta sexta-feira (6)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os participantes Pyong e Daniel venceram a prova do líder, na noite desta quinta-feira (5), no Big Brother Brasil 20 (BBB 20). Logo depois da vitória, eles tiveram que decidir quem ficava com a liderança e a imunidade, e quem ganhava os prêmios de R$ 10 mil mais uma TV, smartphone e notebook.

Pyong virou líder e, desta forma, além de indicar um brother para o paredão no domingo (8), ele escapou do Quarto Branco, que começa nesta sexta-feira (6)

A prova do líder foi realizada em duplas: Babu e Felipe Prior; Manu e Victor Hugo; Mari e Flayslane; Gizelly e Marcela; Gabi e Rafa; Ivy e Thelma; e Daniel e Pyong.

A dinâmica aconteceu dentro de um labirinto e o objetivo era encontrar três cards com ofertas: uma TV, um smartphone e um notebook. Ao sair, cada brother deveria apertar o botão correspondente à cor do seu colete. Só então o cronômetro parava. Vencia a disputa quem cumprisse a tarefa no menor tempo.   

Cada dupla fez a prova separadamente dos outros. Babu e Felipe Prior foram os primeiros e realizaram a dinâmica em 70,25 segundos. Manu e Victor Hugo foram os segundos e conseguiram tempo melhor: 63,54. Já Mari e Flay foram rápidas para encontrar os cards, mas não achavam a saída e acabaram marcando 246,41 segundos.

Marcela e Gizelly, por sua vez, ficaram mais de 300 segundos no labirinto sem encontrar a saída, e a direção do programa teve de intervir e mandar um funcionário retirar elas da dinâmica.

Gabi e Rafa foram na sequência e também tiveram dificuldades, marcando 128,82 segundos. Ivy e Thelma demoraram para achar o último card e a saída e fizeram 177,03 segundos.

A última dupla foi Daniel e Pyong, que superaram a marca de Manu e Victor Hugo ao marcarem 55,16 segundos.

Quarto Branco
O quarto branco foi usado no BBB 9 como castigo para quem atendesse ao big fone. A então novidade causou polêmica, por ser um quarto revestido de branco, com paredes acolchoadas e as luzes não se apagarem. 

Durante o BBB 9, Newton Siqueira atendeu ao big fone e foi para o quarto, com Ralf Krause e Leonardo Jancu. Após 30 horas por lá, Leonardo pediu para sair e foi eliminado. 

Hoje aos 36 anos, o ex-BBB revelou ao jornal Extra que se arrepende de ter apertado o botão vermelho (que causou a sua eliminação). 

"Bate um arrependimento. Não foi que eu desisti pelo Quarto branco, que é uma tortura e tal, como todo mundo falava. Na verdade, dá para aguentar. Não é esse bicho de sete cabeças todo. Hoje em dia, eu aguentaria ficar lá 100 horas", garante o ex-BBB, brincando: "Queria que o Boninho me colocasse lá de novo (risos)", disse ele ao extra.

Para ele, a parte mais difícil do temido Quarto Branco é conseguir controlar a mente: "Aquela luz clara na cara, aquele branco intenso te deixa tonto. Tem pontinhos no quarto inteiro, a luz não apaga em nenhum momento. Você fica um pouco perturbado ali naquela claridade. É aquela clausura, um cubículo fechado com mais duas pessoas... O que aconteceu comigo foi que eu não sabia como eu estava sendo visto aqui fora. Achei que estava sendo odiado, então, você fica meio perturbado, por isso apertei o botão".

Onze anos após a "experiência mais louca da sua vida", Leonardo, que na época do programa era estudante de Administração, hoje é dono de restaurantes em São Paulo, em sociedade com a mulher, Caroline Jancu, com quem vive um relacionamento há 8 anos. Outra novidade é que ele acaba de se tornar pai pela primeira vez. "Meu filho completou 2 meses".

No BBB 10 quem atendeu o aparelho foi Angélica. Ela levou Cacau e Serginho para o quarto branco. Durante o tempo em que estiveram lá dentro, o público votou para que Serginho ganhasse imunidade. Angélica acabou eliminada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas