BBB20: Marcela especula que coronavírus e saída de Pyong são pegadinhas

entretenimento
18.03.2020, 02:50:00
(Foto: TV Globo)

BBB20: Marcela especula que coronavírus e saída de Pyong são pegadinhas

Thelma rebateu sobre doença: 'Eles não iam brincar com isso'

Os caminhos que o Big Brother Brasil 20 têm tomado não parecem muito lógicos na cabeça da participante Marcela, que passou os momentos pós-eliminação do seu amigo Pyong Lee especulando brincadeiras por parte da produção do reality show da TV Globo. 

"Eu só vou me permitir sofrer se ele (Pyong) não aparecer de volta", afirmou a médica Marcela, aos risos, ao comentar com os coligados que não fazia sentido o hipnólogo ter perdido no paredão para o ator Babu Santana, para quem ela, Ivy e Gizelly se comporta como uma espécie de vilão na atração.

Na avaliação dela, tudo indica que os capítulos mais recentes do programa não passaram de uma pegadinha do BBB. "Será que o negócio do vírus ia ser mentira?", elocubrou Marcela, antes de receber a real da também médica Thelma. "Eles não iam brincar com isso. Nunca, questão de saúde. Eles ainda falaram da nossa família", afirmou. 

Manu Gavassi, que estava ao lado, concordou, e lembrou que Tiago Leifert e o médico chegar a se cumprimentar com os cotovelos.

Apesar disso, Marcela considerou suspeito o comportamento do apresentador e do médico convidado na véspera para falar sobre a pandemia. "O Tiago estava rindo o tempo todo quando falou com a gente sobre isso", comentou a participante, que faz casal com Daniel.

Ele também disse achar que a teoria da ficante procede: "Faz muito sentido". Assista.

No paredão triplo, Pyong acabou eliminado na noite desta terça com 51% dos votos, em disputa acirrada com Babu, que teve 47% dos pedidos de saída. Rafa praticamente não foi votada. Assista ao momento do anúncio da eliminação.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas