Beneficiários do Auxílio Emergencial poderão usar app para compras em lojas físícas

coronavírus
28.05.2020, 17:37:00
Atualizado: 28.05.2020, 17:37:36

Beneficiários do Auxílio Emergencial poderão usar app para compras em lojas físícas

Aplicativo Caixa Tem oferecerá opção 'pague na maquininha'

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os beneficiários do Auxílio Emergencial poderão realizar compras em lojas físicas de todo o Brasil, a partir desta sexta-feira (29), por meio do aplicativo Caixa Tem. O app terá a opção 'pague na maquininha', nova forma de pagamento digital que poderá ser utilizada nos estabelecimentos físicos habilitados.

A nova funcionalidade será por leitura de QR Code, código de barras gerado pelas maquininhas dos estabelecimentos e que pode ser escaneado pela maioria dos telefones celulares equipados com câmera. Além dessa opção, o Caixa Tem já tinha disponibilizado a possibilidade de uso do cartão de débito virtual para compras online.

Atualmente, 80% das Poupanças Sociais Digitais que receberam o crédito do Auxílio Emergencial foram movimentadas pelo aplicativo. Isso totaliza cerca de 5,5 milhões de pagamentos de boleto e 25 milhões de transferências eletrônicas.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, os números demonstram a relevância do app na movimentação dos recursos do Auxílio Emergencial. 

"Com as melhorias no aplicativo e o aumento do uso pela população, há uma redução considerável de pessoas nas agências para realização de saques do benefício. A Caixa está realmente promovendo a bancarização e o modelo digital para a sociedade brasileira", afirmou.

Como usar a nova funcionalidade?
O cliente deve selecionar a opção “pague na maquininha” no aplicativo Caixa Tem. Ao fazer isso, a câmera do celular é automaticamente aberta. O usuário então deve apontar o celular para leitura do QR Code gerado na maquininha do estabelecimento.

Os lojistas deverão verificar a disponibilidade da opção na rede adquirente ou credenciadora a que estão vinculados e lembrar que a transação é realizada na função débito.

Segundo a Caixa, o aplicativo será atualizado gradativamente para implementação de novas funcionalidades, com o objetivo de oferecer a melhor experiência aos usuários.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas