BMW iX, um carro que encanta até quem não curte carro

brasil
27.05.2022, 06:00:00
Novo SUV elétrico tem uma grade que utiliza nanotecnologia e é capaz de recuperar pequenos danos por conta própria (Fotos: BMW)

BMW iX, um carro que encanta até quem não curte carro

Elétrico, o SUV surpreende pela tecnologia, com grade que regenera riscos, e autonomia superior a 600 km

Veículos novos, principalmente de marcas premium, encantam em diversos aspectos. Seja pelo design, potência ou luxo a bordo. O iX, novo elétrico da BMW tem isso, mas vai além. Para quem acompanha salões de automóveis e feiras de tecnologia, alguns itens já não são inéditos, mas quando eles efetivamente são embarcados em um produto que será colocado no mercado, a situação muda.

Assim é o iX, um SUV que vai atrair atenção até de quem não gosta de carro. Sim. Ou você não acha interessante um automóvel cuja grade dianteira tem o poder de se recuperar de pequenos arranhões? Há, entre outras coisas, carpete feito de redes de pesca recicladas, bancos de couros que são tingidos com extratos de folha de oliveira e madeira certificada, oriunda de reflorestamento.

É claro, não é barato. O fabricante alemão está oferecendo duas versões para o mercado brasileiro: XDrive40 (R$ 654.950) e XDrive50 (R$ 799.950). Além de alguns equipamentos, a principal diferença entre elas é relacionada à potência e à autonomia.

A primeira versão tem dois propulsores que rendem 326 cv de potência e 64,2 kgfm de torque. Eles promovem uma aceleração 0 a 100 km/h em 6,1 segundos e suas baterias têm autonomia para até 425 quilômetros.

A configuração XDrive50, custa basicamente um Renault Kwid elétrico (R$ 142.990) a mais. Entrega 197 cv de potência extra e produz 78 kgfm de torque. As baterias têm maior capacidade e oferecem autonomia para rodar até 630 km e a aceleração de 0 a 100 km/h é cumprida em 4,6 segundos.

Os motores, um em cada eixo em qualquer versão, proporcionam tração integral. Ou seja, a força é entregue nas quatro rodas - que são de 22 polegadas - e a velocidade máxima é limitada a 200 km/h em ambas as versões, para preservação da bateria.

Carro inteligente
Capaz de se adequar à rotina dos usuários, o iX mostra que a tecnologia é aplicada para ampliar o conforto e a eficiência energética. A primeira delas diz respeito ao sistema de regeneração de energia dos freios. Com todos os seus sistemas trabalhando em conjunto, o carro é capaz analisar o mapa de GPS por onde o carro está transitando.

Se detectar, por exemplo, uma situação na qual o condutor será efetivamente obrigado a frear, como um cruzamento, o iX, automaticamente, aumenta o sistema de regeneração de energia. Dessa forma, o motorista usa menos o sistema de freios e, ao mesmo tempo, recupera mais energia para as baterias.

No painel, destaque para duas telas curvas, que somam 27,2 polegadas
No painel, destaque para duas telas curvas, que somam 27,2 polegadas
Minimalista: não há excesso de botões e teclas
Minimalista: não há excesso de botões e teclas
Os bancos abrigam os alto-falantes no interior
Os bancos abrigam os alto-falantes no interior
O vidro do teto panorâmico escurece com um toque
O vidro do teto panorâmico escurece com um toque
 As portas são abertas pelo toque em um botão
As portas são abertas pelo toque em um botão

O veículo é capaz de analisar o caminho que está sendo feito, cruzar com os dados de horário e destino, para cumprir ações espontâneas que já foram feitas previamente pelo condutor, como por exemplo, descer sozinho o vidro do motorista para ele abrir o portão eletrônico da residência.

Os assentos abrigam as caixas de som em seu interior, oferecendo um efeito 4D. O sistema, da Bowers & Wilkins, tem 30 alto-falantes que ficam embutidos nos bancos. Assim, é possível ouvir e sentir as vibrações sonoras de uma ópera ou de um show de rock, e está disponível na versão xDrive50.

Outro destaque é similar às janelas do Boeing 787 Dreamliner: o teto panorâmico de vidro, que não tem cortina para proteção solar. Basta tocar em um botão para que o vidro se torne fosco e ofereça conforto luminoso e isolamento térmico para os ocupantes.

Experiência a bordo
O iX é um veículo grande, tem 4,95 metros de comprimento, por 1,97 m de largura e 1,70 m de altura. Mas logo nos primeiros metros comecei a entender que, mesmo rodando em um trânsito urbano intenso, não seria complexo.

As baterias ficam acomodadas no assoalho, o que melhora a estabilidade

Os sistemas de auxílio à condução tranquilizam quando você lembra que está a bordo de um veículo tão caro, com motocicletas tirando fino da carroceria - que utiliza alumínio e fibra de carbono. A enorme tela do GPS inclui setas de orientação, que sobrepõe as imagens geradas uma câmera dianteira, que invade a tela para apontar uma entrada, por exemplo.

A aceleração é muito forte e ainda é possível mudar os modos. É como dirigir uma sala, mas com o poder de direcionar com precisão e acelerar como um carro esporte.

O JORNALISTA VIAJOU A CONVITE DA BMW

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas