Boeing saúda aprovação de aquisição da Embraer pelo Cade

brasil
27.01.2020, 23:13:22

Boeing saúda aprovação de aquisição da Embraer pelo Cade

A liberação já foi concedida em vários países

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Boeing saudou em comunicado nesta segunda-feira, 27, a aprovação da aquisição da Embraer pela Boeing pela Superintendência Geral do Conselho de Administração em Defesa Econômica (Cade) no Brasil.

"Essa última liberação é mais um endosso de nossa parceria, que trará maior concorrência ao mercado regional de jatos, melhor valor para nossos clientes e oportunidades para nossos funcionários", afirmou o presidente da Embraer Partnership & Group Operations da Boeing, Marc Allen.

"A aprovação do negócio pelo Brasil é uma demonstração clara da natureza pró-competitiva de nossa parceria", disse o presidente e CEO da Embraer, Francisco Gomes Neto. "Isso não apenas beneficiará nossos clientes, mas também permitirá o crescimento da Embraer e da indústria aeronáutica brasileira como um todo."

A liberação já foi concedida no Brasil, Estados Unidos, China, Japão, África do Sul, Montenegro, Colômbia e Quênia, segundo a Boeing. A Boeing e a Embraer estão em discussão com a Comissão Europeia, órgão executivo da União Europeia (UE), desde o final de 2018. "Estamos engajados produtivamente com a Comissão para demonstrar a natureza pró-competitiva de nossa parceria planejada, e esperamos um resultado positivo", disse Allen.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas