Bolsonaro critica participação de Weintraub em manifestação: 'não foi prudente'

brasil
16.06.2020, 05:51:00
Atualizado: 16.06.2020, 05:59:00
(Isac Nóbrega/PR)

Bolsonaro critica participação de Weintraub em manifestação: 'não foi prudente'

Presidente já se reuniu com o ministro para discutir sua possível exoneração "sem traumas"

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O presidente Jair Bolsonaro criticou, em entrevista à TV Band News, a participação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, na manifestação que reuniu apoiadores do presidente, neste domingo (14) na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Para Bolsonaro, a presença de Weintraub no ato "não foi prudente, apesar de nada de grave ter falado".

Durante sua participação, Weintraub evitou comentar decisões recentes do Supremo Tribunal Federal (STF) e disse que há um movimento para calar a "liberdade de expressão" dos manifestantes bolsonaristas. Segundo o presidente, Weintraub não deu um "bom recado" porque não estava representando o governo, mas sim a si próprio. "Como tudo que acontece cai no meu colo, este é mais um problema que nós estamos tentando solucionar com o senhor Abraham Weintraub", disse Bolsonaro.

Segundo apurou o Broadcast/Estadão, nessa segunda-feira (15) o presidente esteve reunido com o ministro para discutir sua possível exoneração "sem traumas".

O presidente também comentou a operação da Polícia Federal no último dia 28, que cumpriu mandados de busca e apreensão em casas de apoiadores do seu governo para apurar o envolvimento em esquemas de disparo de notícias falsas. Segundo Bolsonaro, as operações nas casas de seus simpatizantes "não soam bem no Estado de Direito".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas