Bolsonaro minimiza fracasso como cabo eleitoral e diz que esquerda sofreu derrota

brasil
16.11.2020, 06:45:40
Atualizado: 16.11.2020, 07:49:11
(Marcos Corrêa/PR)

Bolsonaro minimiza fracasso como cabo eleitoral e diz que esquerda sofreu derrota

Celso Russomanno (Republicanos), apoiado pelo presidente, amargou em quarto lugar

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O presidente Jair Bolsonaro foi ao Twitter no início da madrugada desta terça-feira, 16, comentar as eleições municipais Ele minimizou seu fracasso como cabo eleitoral e afirmou que a esquerda sofreu uma "derrota histórica".

"Minha ajuda a alguns poucos candidatos a prefeito resumiu-se a 4 lives num total de 3 horas", escreveu Bolsonaro. "A esquerda sofreu uma histórica derrota nessas eleições, numa clara sinalização de que a onda conservadora chegou em 2018 para ficar Para 2022 a certeza de que, nas urnas, consolidaremos nossa democracia com um sistema eleitoral aperfeiçoado", acrescentou.

No maior colégio eleitoral do País, São Paulo, o candidato do Planalto, Celso Russomanno (Republicanos), amargou em quarto lugar. Por outro lado, no Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), apoiado pelo presidente, conseguiu chegar ao segundo turno e vai enfrentar o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas