Bolsonaro republica exoneração de Valeixo sem assinatura de Moro

brasil
24.04.2020, 20:55:00
Atualizado: 24.04.2020, 21:28:38
Jair Bolsonaro e Sergio Moro (Foto: José Cruz/ Agência Brasil)

Bolsonaro republica exoneração de Valeixo sem assinatura de Moro

Diário Oficial publicado à noite também registra exoneração do ministro

O Diário Oficial da União publicou nesta sexta-feira (24) a exoneração de Sergio Moro do cargo de ministro da Justiça. Também foi republicado o decreto de exoneração de Maurício Valeixo do cargo de diretor-geral da Polícia Federal.

Desta vez, a exoneração não é assinada por Moro, como havia sido publicada na madrugada desta sexta. Valeixo foi demitido por decisão do presidente Jair Bolsonaro, que assina a exoneração com os ministros Walter Souza Braga Netto (Casa Civil) e Jorge Oliveira (Secretaria-Geral).

Leia mais: Bolsonaro diz que Moro aceitaria demissão de Valeixo se indicado para o STF

Moro anunciou demissão do cargo na manhã desta sexta-feira, em um pronunciamento na sede do Ministério da Justiça. No pronunciamento, ele denunciou que Bolsonaro tentou interferir politicamente na PF ao decidir demitir Mauricio Valeixo.

Moro afirmou também que, a exoneração de Valeixo, publicada "a pedido" no "Diário Oficial da União" não foi assinada por ele. Na abertura do Jornal Nacional, William Bonner disse que o ex-ministro entregou provas de algumas denúncias feitas durante a coletiva da manhã desta sexta-feira (24).


Íntegra
Leia a íntegra dos dois decretos publicados no "Diário Oficial":

Exoneração de Moro
DECRETO DE 24 DE ABRIL DE 2020

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso I, da Constituição, resolve:

EXONERAR, a pedido,

SERGIO FERNANDO MORO do cargo de Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública.

Brasília, 24 de abril de 2020; 199º da Independência e 132º da República.

JAIR MESSIAS BOLSONARO


Exoneração de Valeixo
DECRETO DE 23 DE ABRIL DE 2020 (*)

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA , no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso XXV, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 2º-C da Lei nº 9.266, de 15 de março de 1996, resolve:

EXONERAR, a pedido,

MAURÍCIO LEITE VALEIXO do cargo de Diretor-Geral da Polícia Federal do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Brasília, 23 de abril de 2020; 199º da Independência e 132º da República.

JAIR MESSIAS BOLSONARO

Walter Souza Braga Netto

Jorge Antonio de Oliveira Francisco

(*) Republicado por ter constado incorreção, quanto ao original, na Edição do Diário Oficial da União de 24 de abril de 2020, Seção 2.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas