Brasil registra 631 mortes por covid-19 em 24 horas

coronavírus
12.07.2020, 19:41:38
Brasil tem quase 670 mil casos ativos de covid-19 (Foto: Agência Brasil)

Brasil registra 631 mortes por covid-19 em 24 horas

Desde o início da pandemia, país registrou 72.100 mortos pela doença

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Brasil registrou 631 mortes pelo novo coronavírus em 24 horas, segundo boletim divulgado neste domingo, 12, pelo Ministério da Saúde. Ao todo, 72,1 mil pessoas já morreram em decorrência da infecção covid-19, provocada pelo coronavírus, no país. 

De acordo com a atualização do ministério, 669.377 pessoas estão em acompanhamento, portanto são casos ativos, e 1.123.204 se recuperaram da doença. Há ainda 4.063 mortes em investigação.

Segundo o Painel Coronavírus, foram registrados 24.831 casos de pessoas diagnosticadas com covid-19 desde o sábado, 11. O número de casos confirmados desde o início da pandemia chegou a 1.864.681.

Quadro mostra situação da pandemia no Brasil (Fonte: Ministério da Saúde)

Estados

Os estados com mais mortes são: São Paulo (17.848), Rio de Janeiro (11.415), Ceará (6.868), Pernambuco (5.595) e Pará (5.289). As unidades da Federação com menos óbitos pela pandemia são Mato Grosso do Sul (161), Tocantins (255), Roraima (396), Acre (426) e Santa Catarina (497).

São Paulo também lidera entre os estados com maior número de casos confirmados, com 371.997, seguido por Ceará (136.785), Rio de Janeiro (129.684), Pará (125.714) e Bahia (105.763). As unidades da Federação com menos pessoas infectadas registradas são Mato Grosso do Sul (13.197), Tocantins (15.132), Acre (16.190), Roraima (22.225) e Rondônia (26.728).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas