Cabula: escolas oferecem ensino de qualidade

salvador
27.02.2018, 11:40:00
Atualizado: 23.01.2019, 18:04:47
O Vitória Régia conta com mais de 1,5 mil alunos (Fotos: Divulgação)
Estúdio Correio -

Cabula: escolas oferecem ensino de qualidade

Região dispõe de várias instituições de ensino. Só no bairro são 16, entre escolas privadas e da rede pública

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

“Ter uma escola de referência perto de casa é fundamental para nossa tranquilidade e conforto, pois não perdemos tempo com deslocamentos desnecessários, além de temos a certeza de que os nossos filhos estão em segurança”, destaca a empresária Alessandra Correia, mãe de Ana Carolina, aluna do 5º ano do Colégio Vitória Régia, localizado no Cabula. A menina, de 11 anos, gosta de estudar próximo de casa. “Foi minha primeira escola e espero que seja a única. É a minha segunda casa e onde me sinto em uma grande família”, afirma.

Frequentar as aulas próximo do local de moradia, em geral, é a opção mais desejada por pais de filhos em idade escolar, principalmente quando há oferta de educação de qualidade. Este é um dos diferenciais da região do Cabula, que dispõe de várias instituições de ensino. Só no bairro são 16, entre escolas privadas e da rede pública.

Um dos destaques do bairro, o Vitória Régia Centro Educacional foi fundado em 1989 e conta hoje com 1,5 mil alunos em aproximadamente 80 turmas, do infantil ao ensino médio, para os quais oferece educação bilíngue, tempo integral e aulas extracurriculares.

Outras referências são os colégios Resgate e São Lázaro, localizados na Rua Silveira Martins. O primeiro tem turmas da educação infantil ao ensino médio. A infraestrutura oferece quadra poliesportiva, laboratórios de ciências e informática, biblioteca, salas de estudo, auditório e piscina semiolímpica. O esporte é um dos destaques, com a oferta de diversas modalidades.

O Colégio São Lázaro também conta com uma ampla estrutura e linha metodológica que reconhece o aluno “como centro e sujeito do processo ensino-aprendizagem e o professor como intermediário entre aluno e o conhecimento”, informa a instituição. Outros colégios que também se destacam na região são o Linda Marquesa, Atlântico e Favo.
 
Novidade
A novidade na região é o Anchietinha Bela Vista, que oferece ensino da educação infantil ao 5º ano do ensino fundamental. A quarta unidade do Colégio Anchieta em Salvador iniciou as atividades este ano, e chega à região com a proposta Fluency & Tech, focada na fluência da língua inglesa e no uso da tecnologia.

Construído em um terreno de sete mil metros quadrados, conta com ampla área verde, piscina climatizada e coberta, ginásio de esportes coberto, salas de arte e de música, laboratórios de ciências, tecnologia e robótica, biblioteca, refeitório, sala de descanso e estacionamento para 110 carros.

O Anchietinha Bela Vista iniciou as atividades este ano

Ampla rede pública
A rede pública de ensino, tanto municipal como estadual, também oferece diversas opções de escolas, garantindo educação gratuita aos moradores do bairro. A Gerência Regional de Educação (GRE) do Cabula, que congrega toda a região, conta com 48 unidades da rede municipal, entre creches e pré-escola, centros municipais e escolas.

No bairro, especificamente, são quatro unidades, entre as quais as referências são a Escola Municipal Professora Anfrisia Santiago, com mais de 600 alunos, e a Escola Municipal Governador Roberto Santos, com capacidade para 930 estudantes, nos três turnos. Tem ainda com as escolas municipais Antonio Euzebio e a Cabula I.

Nas proximidades também estão as escolas municipais Alvaro da Franca Rocha e da Engomadeira, na região da Engomadeira; os centros municipais de educação infantil Olga Benário e Alvaro da Franca Rocha, na Narandiba, e a Escola Municipal Deputado Gersino Coelho, no Doron, esta última com capacidade para de mais de mil alunos.

O Centro Municipal Olga Benário fica na região do Cabula

No Cabula, a rede estadual oferece ensino fundamental, médio e profissionalizante em cinco unidades. O Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes é um deles. Localizado na rua Silveira Martins, oferece mais de 500 vagas. Na mesma rua, o Colégio Polivalente do Cabula conta com mais de 600 alunos. Entre as outras instituições estão a Escola Visconde de Itaparica, o Colégio Estadual Professora Elisabeth Chaves Veloso, o Colégio Estadual Governador Roberto Santos e o Colégio Governador Otávio Mangabeira, este último no Saboeiro.

O estúdio correio produz conteúdo sob medida para marcas, em diferentes plataformas.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas