Camarotes Schin e Harém são notificados pela Prefeitura por publicidade irregular 

carnaval
09.02.2018, 21:09:04
Atualizado: 09.02.2018, 22:01:10

Camarotes Schin e Harém são notificados pela Prefeitura por publicidade irregular 

Empreendimentos já haviam sido informados das normas dos anúncios

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os camarotes Schin e Harém, ambos no circuito Dodô (Barra-Ondina), foram notificados nesta sexta-feira (9) pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) por publicidade irregular. Segundo o titular da pasta, Sérgio Guanabara, os responsáveis pelas estruturas já haviam sido notificados quanto à proibição de exibir publicidade que não seja do patrocinador oficial da festa. "Não vamos permitir esse tipo de irregularidade, visto que existem regras estabelecidas em decreto que proíbem esse tipo de publicidades", disse. 

Conforme a Prefeitura, a ação está respaldada pelo Decreto 29. 485/18, que dispõe sobre a exploração de atividades no Carnaval. O artigo segundo do decreto estabelece que nos circuitos do Carnaval titulares de  Alvará de Autorização Especial e de Alvará de Autorização para a exploração de atividades, em caráter eventual, só poderão divulgar as marcas, distribuir, vender, dar publicidade ou realizar propaganda de produtos e serviços, bem como realizar outras atividades promocionais ou de comércio de rua relacionadas aos patrocinadores oficiais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas