Caminhoneira conhecida como 'Musa das Estradas' sofre grave acidente

brasil
14.01.2022, 11:54:20

Caminhoneira conhecida como 'Musa das Estradas' sofre grave acidente

Aline Fuchter tem canal no YouTube com 1,4 milhão de seguidores

A caminhoneira Aline Fuchter, conhecida como Musa das Estradas e dona de um canal no YouTube com mais de 1,4 milhão de inscritos, sofreu um grave acidente em uma rodovia de Mato Grosso nesta quinta-feira (13).

Aline bateu sua carreta em outro caminhão e ficou presa nas ferragens, precisando ser socorrida por outros motoristas que passavam pelo local. Encaminhada a um hospital, Aline passou por uma cirurgia no braço. A colisão ocorreu na BR-174, entre Pontes Lacerda e Porto Esperidião, a 483 km e 358 km de Cuiabá, respectivamente.

A motorista estava acompanhada pela amiga Lauren Borges, que teve ferimentos leves. "Estamos bem. Estamos vivas, Deus nos livrou do pior. Aline está no hospital passando por uma cirurgia no braço", escreveu Lauren nas redes sociais.

A caminhoneira foi internada na Santa Casa de Pontes e Lacerda.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que testemunhas contaram que Aline passou em cima de uma peça quebrada que estava na pista, o que fez com que um pneu dianteiro da carreta estourasse.

Em seguida, ainda de acordo com a PRF, Aline perdeu o controle do veículo e bateu de frente com outro caminhão. O motorista desse segundo veículo teve ferimentos leves.

A caminhoneira fazia o transporte de soja, e a carga ficou espalhada na pista. Uma equipe da PRF foi ao para remover o material, e a pista foi parcialmente interditada.

Aline Fuchter é caminhoneira há cerca de cinco anos e ficou conhecida nas redes sociais quando começou a compartilhar imagens de suas viagens. Ela mora em Tubarão, no Sul de Santa Catarina.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas