Cantora tcheca morre após pegar covid propositalmente para obter passaporte de vacinação

mundo
18.01.2022, 20:50:44
(Reprodução)

Cantora tcheca morre após pegar covid propositalmente para obter passaporte de vacinação

Hana Horka, de 57 anos, era antivacina se expôs ao vírus para conseguir "imunidade natural" e frequentar cinemas e saunas

Uma cantora tcheca antivacina morreu depois de pegar covid-19 propositalmente para obter um passaporte vacinal que lhe permitisse frequentar espaços culturais com as outras pessoas.

Hana Horka, de 57 anos, vocalista da banda Asonance, morreu no domingo (16) após contrair a variante Delta do vírus, de acordo com seu filho Jan Rek.

A cantora se expôs voluntariamente ao vírus quando seu marido e filho, ambos vacinados, o pegaram antes do Natal, disse Rek à rádio local da República Tcheca. “Ela decidiu continuar vivendo normalmente conosco e preferiu pegar a doença do que se vacinar”, comentou o filho.

Nos países membros da União Européia, o comprovante de vacinação é necessário para acessar instalações culturais e esportivas, bem como para viajar e visitar bares e restaurantes.

Dois dias antes de sua morte, Horka foi às redes sociais para dizer: 'Eu sobrevivi… Então agora haverá teatro, sauna, show... e uma ida urgente ao mar", comentou.

Rek atribuiu a morte a um movimento antivacina presente no país, dizendo que seus líderes fizeram uma lavagem cerebral em sua mãe contra a vacinação e tinham "sangue nas mãos".

“Sei exatamente quem a influenciou... Fico triste por ela acreditar mais em estranhos do que em sua própria família”, disse o rapaz.

"Não foi apenas desinformação total, mas também opiniões sobre imunidade natural e anticorpos adquiridos por meio de infecção", acrescentou.

Segundo o Daily Mail, o país de 10,7 milhões de pessoas anunciou mais de 20.000 novas infecções por covid na terça-feira (18).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas