Canudos entra em isolamento total a partir desta quarta-feira (20)

coronavírus
20.05.2020, 14:52:00
Atualizado: 20.05.2020, 17:45:13

Canudos entra em isolamento total a partir desta quarta-feira (20)

Medida vale por dois dias, mas comercio não essencial ficará fechado por 15 dias

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A viagem de uma família terminou deixando uma cidade inteira em isolamento no interior da Bahia. A partir desta quarta-feira (20) o município de Canudos, no Sertão, entra em lockdown. Até a sexta-feira (22), todo o comércio ficará fechado, incluindo as atividades essenciais. A medida é para evitar a proliferação da doença depois que três pessoas de uma mesma família testaram positivo para covid-19.

O comunicado foi realizado pelo prefeito Genário Rabelo (PSD), na terça-feira (19), através das redes sociais. Ele explicou que uma família composta por pai, mãe e uma criança de 1 ano e seis meses saiu de São Paulo no dia 9 de maio e chegou em Canudos três dias depois. Os familiares deles perceberam que os três estavam com sintomas leves da doença e avisaram à Secretaria de Saúde do Município.

“A vigilância entrou em contato várias vezes durante o dia para saber como estava a situação dos pacientes. Eles disseram que estavam tendo tosse e um ou outro sintoma, mas que não achavam que fosse coisa séria. Depois, informaram que tiveram perda de paladar. Esses pacientes ficaram em monitoramento por oito dias. Fizemos o teste rápido e deu positivo”, contou o prefeito.

Esses são os primeiros casos confirmados da doença no município que até a semana passada monitorava 45 pessoas em domicílio. O prefeito disse que a família está isolada desde que chegou. Eles estão em um imóvel sozinhos e sendo acompanhandos pelas equipes de saúde.

Por conta da confirmação do novo coronavírus, a cidade entrou em isolamento total a partir do meio-dia desta quarta-feira. Apenas farmácias e postos de combustível estão autorizados a funcionar, até mesmo mercados devem baixar as portas. A decisão vale até a sexta-feira (22).

“Na semana passada, tivemos uma reunião com os comerciantes e colocamos que se surgisse algum caso novo nós tomaríamos medidas mais duras para que esse vírus não circule e contamine mais pessoas. Vamos fechar todo o comércio por dois dias porque esse é o tempo em que o vírus fica em cima de uma máquina de cartão, na mesa de um balcão ou na maçaneta de um banco, e o comércio não essencial por 15 dias”, afirmou.

Durante o período em que as lojas estarão fechadas, uma equipe da prefeitura realizará higienização dos espaços públicos. O decreto também determina que todos os cidadãos que tenham voltado, nos últimos 14 dias, de outras cidades onde há casos confirmados da covid-19, deverão cumprir distanciamento social por 14 dias. Além disso, haverá controle de entrada e saída de veículos no município e do uso obrigatório de máscara.

Proteção
A família infectada fez a viagem usando máscaras e isso evitou que o motorista que os levou de São Paulo para Canudos fosse contaminado. O rapaz também fez o teste, mas deu negativo. O prefeito frisou que os três pacientes são vítimas da doença e devem ser tratados dessa forma, e parabenizou a família por ter se isolado e avisado as autoridades quando percebeu os primeiros sintomas.

A secretária de Saúde de Canudos, Shirleide Ferreira, comentou sobre outro caso. O de um paciente que morreu e a família acredita que ele foi vítima do novo coronavírus, mas em que o teste rápido deu negativo.

“Enviamos amostras para o Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública, em Salvador) e estamos aguardando o resultado. O paciente, infelizmente, veio a óbito, mas até que saia o resultado não vamos emitir como uma morte por covid-19”, afirmou.

Durante a transmissão ao vivo feita no final da tarde desta terça-feira, algumas pessoas chamaram a atenção para decisões similares que aconteceram em outras cidades e geraram confusão e desespero na população, mas muitos disseram concordar com as medidas.

“Tem que fechar mesmo, pois a cidade é pequena e não tem recursos. Se chegar muitas pessoas já sabem o que acontece”, opinou uma mulher. Já outro morador falou da necessidade de união. “Concordo! Vamos esquecer essa política e vamos todos juntos vencer essa doença”, disse.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), no último senso, em 2010, Canudos tinha uma população de 15.732 habitantes. A estimativa é de que até o final do ano passado 16.668 pessoas estivessem morando na cidade.

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) informou que até está terça-feira (19), a Bahia tinha 11.013 casos confirmados do novo coronavírus, 2.803 pacientes recuperados e 326 óbitos. Acrescentou ainda que "o último boletim epidemiológico estadual não contabilizada casos positivos no município de Canudos. Sobre o lockdown nos municípios, não fazemos esse tipo de registro".

Isolamento
Na semana passada, a cidade de Itapicuru registrou, de uma só vez, oito casos de coronavírus. O primeiro foi de uma mulher de 66 anos que usou um transporte clandestino para chegar à cidade. O segundo caso também foi importado. Trata-se de um paciente que contaminou outras seis pessoas da mesma casa, localizada em um povoado da cidade.

Por conta do surgimento dos novos casos, a prefeitura informou que foi decretado lockdown nos povoados de Várzea dos Potes e Retiro, com ações como o bloqueios de acesso, desinfecção de ruas e praças, montagem de barreiras sanitárias e cumprimento rigoroso de todos os protocolos.

Em Salvador, o isolamento mais rigoroso tem sido feito por bairros. Nesta quarta-feira (20), a prefeitura anunciou que Brotas e Cosme de Farias teriam o comércio formal e informal suspensos, além de outras medidas rígidas. As localidades da Liberdade, Lobato, Bonfim, e Plataforma já estavam na mesma situação.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas