Casa Familiar Rural baiana é selecionada pelo Criança Esperança

bahia
16.09.2020, 21:15:00
Atualizado: 16.09.2020, 21:23:48
(Divulgação)

Casa Familiar Rural baiana é selecionada pelo Criança Esperança

Escola parceira da Fundação Odebrecht receberá recursos de iniciativa da Rede Globo em 2021

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), localizada no município baiano que dá nome à instituição, foi selecionada para receber recursos do Criança Esperança. Escolhida pelo projeto “formação de adolescentes futuros empresários rurais da agricultura familiar”, a escola parceira da Fundação Odebrecht na realização do PDCIS, seu Programa Social, faz parte das 111 iniciativas sociais do país contempladas pela campanha da Rede Globo em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Com execução prevista para o ano de 2021, a verba será destinada ao custeio da instituição com alimentação, recursos humanos, transporte e manutenção. Segundo o diretor da CFR-PTN Quionei Araújo, a nova parceria dá ainda mais segurança para o próximo ano. “O cenário da pandemia tem afetado a todos. Ter uma garantia para 2021 é muito importante e traz um pouco mais de tranquilidade para darmos continuidade à formação dos jovens da melhor forma possível, sempre com a mesma qualidade”, diz.

Essa é a segunda vez que a Casa Familiar é contemplada pelo Criança Esperança - a primeira foi em 2015. Para Araújo, a notícia reforça o desejo de “trabalhar para ter cada vez mais e melhores resultados”. E para isso, junto à sua equipe pedagógica, o educador já está traçando os planos da escola para o ano que vem.

Beatriz Lepikson, responsável por Parcerias Sociais na Fundação Odebrecht, destaca ainda que firmar novos contratos de parceria contribui para a sustentabilidade das instituições: “A partir do nosso Programa Social, o PDCIS, estamos todos articulados e mobilizados em prol da transformação social. Conquistas dessa natureza são fundamentais para que possamos seguir desenvolvendo nossas ações em prol das comunidades”. 

Organização da Sociedade Civil reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e pela Secretaria de Educação da Bahia (SEC), a CFR-PTN faz parte do Programa de Escolas Associadas da Unesco e oferece o curso técnico integrado ao ensino médio em Agropecuária, beneficiando anualmente mais de 100 alunos.

O processo formativo engloba uma matriz curricular contextualizada às realidades dos estudantes por meio da Pedagogia da Alternância, que otimiza o tempo dos alunos e mitiga as dificuldades de deslocamento na zona rural: eles passam uma semana na escola em período integral, com aulas teóricas e práticas, e duas semanas nas propriedades de suas famílias, aplicando os novos conhecimentos em seus projetos produtivos, sob o acompanhamento de monitores especializados.

Para o aluno do 3º ano da CFR-PTN, Magnison dos Santos, 17 anos, a Casa Familiar tem ampliado as suas possibilidades na agricultura. “Antes de eu ingressar na escola, minha família só plantava cacau, mas não tínhamos muito cuidado. Eu não via perspectiva de o campo dar resultado. Minha família não trabalhava em nossa propriedade porque não tínhamos renda para investir. Hoje, olho para o que já construí com o apoio da CFR-PTN e sei que já não precisamos depender mais de outras pessoas ou sair do campo”, conta o jovem.

Junto à sua família, Magnison cultiva atualmente banana, cacau e tem projetos de aves e suínos. De acordo com o estudante, novas parcerias como a do Criança Esperança representam oportunidades para que mais adolescentes possam ser impactados pela instituição. “Enquanto jovem empreendedor, é muito engrandecedor saber que mais pessoas vão acreditar nos nossos sonhos”, reforça.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas