Casarão desaba na Ladeira da Soledade: 'ficamos estáticos', diz vizinho

salvador
19.06.2019, 10:06:00
Atualizado: 19.06.2019, 11:33:39
(Foto: Bruno Wendel /CORREIO)

Casarão desaba na Ladeira da Soledade: 'ficamos estáticos', diz vizinho

Ninguém ficou ferido com o desabamento do imóvel

Um casarão desabou na madrugada desta quarta-feira (19) na Ladeira da Soledade, bairro da Lapinha, em Salvador. O imóvel estava abandonado e tinha uma placa de venda. Com o incidente, os escombros atingiram um casarão vizinho. Não houve feridos.

O desabamento aconteceu por volta das 5h30, no imóvel de número 158. "Estava com a mulher preparando o mingau para vender quando ouvimos o estrondo e a fumaça de areia subir. Ficamos estáticos por alguns segundos e só depois, quando a ficha caiu, que a gente correu", contou Ítalo Correia, morador do casarão 160, vizinho do imóvel que desabou.

Segundo ele, o imóvel está abandonado há quatro anos. "A dona alugava os quartos, mas ela morreu e os filhos puseram à venda. No entanto, deixaram o local sem manutenção", completou Ítalo. Segundo o vizinho, há mais de um ano, o imóvel que desabou já vinha inclinando para o lado esquerdo - onde fica a casa de Ítalo.

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) esteve no local. "Estamos avaliando as condições do imóvel para passar para Ipac e Iphan [órgãos do patrimônio estadual e federal, respectivamente]. A princípio, a recomendação imediata é a retirada do entulho e bloquear as vias de acesso, tapando com blocos portas e janelas", declarou o engenheiro da Codesal Antônio Figueiredo.

Roubo
Numa avaliação preliminar, a fachada do casarão não ameaça desabar. "A estrutura está colada com a de outro casarão que também registrou um desabamento da parte interna. A recomendação será a sustentação com vigas de aço", diz Antônio Figueiredo. 

Enquanto a Codesal fazia o trabalho de vistoria nos imóveis, afim de avaliar os possíveis estragos com o incidente, um vândalo levou alguns minutos para arrancar as grades do portão e de umas das janelas do imóvel que desabou. A grade ele arrancou na mão. Mas para retirar a janela, ele fez uso de uma marreta. Em momento, Ítalo, proprietário do imóvel vizinho, sinalizou para o homem que as marretadas faziam tremer a casa dele. "Não está tremendo nada", retrucou o homem dando continuidade às pancadas na fachada do imóvel. Algus minutos depois, ele saiu arrastando a janela. 

Questionado quanto ao ato do rapaz, o engenheio Antônio Figueiredo pontuou: "É por isso que iremos fechar as vias de acesso ao imóvel. Sabemos que aqui é uma região onde esse comportamento é comum e isso oferece risco de, numa atividade dessa, resultar numa consequência inesperada, devido o abalo da estrutura".


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/chuva-intensa-atinge-salvador-nesta-quarta-feira-22-previsao-de-trovoada/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/saimos-por-questao-de-sobrevivencia-diz-ocupante-do-odorico-pm-serrou-grades/
Após saída de estudantes, viaturas fazem segurança do Odorico Tavares
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pastora-e-cantora-gospel-agride-sogra-de-73-anos-na-frente-de-criancas-video/
Lucimara Pires se justificou dizendo que idosa bateu nela primeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/diggo-de-deus-conheca-o-cantor-que-abandonou-o-futebol-para-viver-de-musica/
Artista é vocalista da Clap Bum, banda que encarta CD no CORREIO desta terça-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nao-conheco-o-homem-com-quem-dormia-diz-influencer-agredida-pelo-namorado/
Anne Sampaio usou a conta do Instagram para denunciar o agressor
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/digital-influencer-usa-instagram-para-denunciar-namorado-por-agressoes/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mesmo-com-prova-mantida-candidatos-temem-cancelamento-de-concurso-da-pm/
Professores propõem que os concurseiros não se deixem abater e continuem focados nas provas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/poliana-ex-esposa-de-victor-chaves-vive-reclusa-apos-separacao/