Caso Lázaro: policiais fecham cerco e fazem buscas na casa da ex-sogra do baiano

brasil
28.06.2021, 08:59:34
Atualizado: 28.06.2021, 09:03:45

Caso Lázaro: policiais fecham cerco e fazem buscas na casa da ex-sogra do baiano

Maníaco mudou de cidade, voltando para Águas Lindas de Goiás

As buscas pelo maníaco Lázaro Barbosa, baiano conhecido como o "Serial Killer de Brasília", saíram da cidade de Girassol em direção a Águas Lindas de Goiás, ambas no entorno do Distrito Federal, após a força-tarefa receber a denúncia que o assassino está se escondendo na casa de uma ex-sogra.

Já são 20 dias de busca ao homem, perseguido desde que matou quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia, no Distrito Federal. Durante a fuga, ele cometeu, ao menos, outros sete crimes.

Relato: 'Falam que mereço morrer e me chamam de bandida', diz mãe de Lázaro

Nesta nova fase de buscas, moradores garantem que o maníaco foi visto no Setor Itamaracá, na área rural da cidade. Ele estaria escondido na casa da ex-sogra nos últimos dias, segundo denúncias recebidas pelos policiais. 

Três helicópteros sobrevoam a região e policiais fazem incursões, também, dentro da mata, informou o portal Metrópoles.

De olho: Lázaro criou perfil falso para acompanhar notícias usando celular roubado

A polícia faz buscas dentro da casa da mulher, identificada até então apenas como Isabel. Ela permitiu a entrada dos agentes da força de segurança ao local e colabora com as investigações.

“Quando a polícia chegou, tentou negociar com ele, falaram: ‘Lázaro, conversa com a gente, vamos negociar’. Mas ele correu para o mato”, disse um morador em entrevista ao G1.

Cúmplices: Juíza manda soltar caseiro e mantém prisão de fazendeiro suspeito de ajudar Lázaro

Uma mulher foi vista entrando na mata com policiais que buscam pelo fugitivo. Segundo moradores, ela é ex-companheira de Lázaro.

Até as 6h40 desta segunda-feira, não havia informação se o fugitivo foi encontrado.

Sem remorço: Após matar amigo em Barra do Mendes, Lázaro foi até casa do padrasto comer cuscuz

Os vizinhos afirmam que esta não é a primeira vez que Lázaro foi visto no setor. Eles relataram que, no sábado (26), o fugitivo esteve na mesma casa, quando denunciaram a situação à força-tarefa. Porém, os moradores alegam que não viram policiais no bairro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas