Cavani tem sondagens de Palmeiras, Flamengo e Internacional

esportes
03.04.2020, 10:57:00
Atualizado: 03.04.2020, 10:58:19
Cavani deve deixar o PSG este ano (AFP)

Cavani tem sondagens de Palmeiras, Flamengo e Internacional

O atacante tem contrato só até o meio deste ano com o Paris Saint-Germain

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Edinson Cavani pode ser uma das grandes atrações do futebol brasileiro no segundo semestre. De acordo com o empresário do jogador, Walter Guglielmone, Palmeiras, Flamengo e Internacional sondaram recentemente o jogador, que tem contrato só até o meio deste ano com o Paris Saint-Germain e a tendência é que ele deixe o clube francês.

"Para ser honesto, tudo pode acontecer, pois existem muitos clubes interessados em Edinson. Recebemos sondagens da América do Sul com Flamengo, Palmeiras, Internacional de Porto Alegre e Boca Juniors, contou Guglielmone, em entrevista ao jornal italiano Tuttosport. Ele ainda negou que tivesse conversas com o Napoli, da Itália, clube em que Cavani atuou entre 2010 e 2013.

O Flamengo chegou a sondar o jogador quando ainda não tinha assegurado a permanência de Gabriel. Além de renovar com o atacante, o clube carioca ainda contratou Pedro. No caso do Palmeiras, o clube já teve conversar com o empresário há alguns meses, mas o time alviverde garante não ter nada relacionado ao atacante uruguaio.

Para defender um clube brasileiro, Cavani teria que reduzir drasticamente seu salário ou o time disposto a contratá-lo precisaria fazer uma grande engenharia financeira. O atacante de 33 anos recebe algo em torno de 10 milhões de euros (R$ 57,18 milhões) por temporada. Daria cerca de R$ 4,76 milhões de salários mensais.

No momento, Cavani passa a quarentena do coronavírus em sua fazenda, localizada na cidade de Salto, no interior do Uruguai. O jogador fez 14 jogos nesta temporada e anotou quatro gols, dando mais quatro assistências.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas