Censo da Educação Superior: instituições de ensino têm até hoje (26) para conferir dados declarados na pesquisa

educamais
26.06.2020, 17:30:00
Atualizado: 26.06.2020, 17:45:04
Após a finalização da verificação dos dados nesta sexta, o Inep cuidará da análise e das respostas às justificativas de dados inconsistentes (Shutterstock)

Censo da Educação Superior: instituições de ensino têm até hoje (26) para conferir dados declarados na pesquisa

Procedimento é realizado pelo pesquisador institucional das faculdades e universidades

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

As instituições de educação superior, públicas e privadas, têm até o final desta sexta-feira, 26, para verificarem os dados do Censo da Educação Superior 2019, cadastrados no Sistema Censup. Procedimento deve ser realizado pelo pesquisador institucional, que representa as instituições junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Na edição do Censo da Educação Superior, por causa das restrições impostas pelas medidas de contenção da pandemia de COVID-19, os prazos previstos no cronograma inicial foram prorrogados. O período de verificação da consistência, conferência, ajustes, validação dos dados coletados e envio das justificativas de dados inconsistentes começou em 8 de junho.

Após a finalização da verificação dos dados nesta sexta, o Inep cuidará da análise e das respostas às justificativas de dados inconsistentes entre os dias 29 de junho a 10 de julho. De 13 a 31 de julho, as instituições de educação superior poderão realizar ajustes nos dados conforme as orientações do Inep, no Sistema Censup. A divulgação final do Censo da Educação Superior está prevista para o dia 23 d outubro. ‬

Sobre o Censo da Educação Superior 
Realizado anualmente pelo Inep, o Censo é o sistema de informações mais completo do Brasil sobre as entidades de ensino públicas e privadas, que ofertam cursos de graduação, além de fornecer dados que traçam os perfis de alunos e docentes.  

A pesquisa também funciona como pré-requisito para a participação das instituições em programas educacionais do Ministério da Educação (MEC), como o Prouni, Fies e as bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas