CIB aprova intercambialidade de vacinas contra covid para grávidas e puérperas

bahia
11.08.2021, 15:12:00
Atualizado: 11.08.2021, 15:13:01
(Divulgação/PMLF)

CIB aprova intercambialidade de vacinas contra covid para grávidas e puérperas

Salvador já havia iniciado o cadastro desde segunda-feira (9)

A Comissão Intergestores Bipartite (CIB) do estado da Bahia aprovou nesta terça-feira (10) a intercambialidade de doses de vacinas contra covid-19 para gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto).

A decisão está associada aos eventos adversos ocorridos após aplicação da 1ª dose de Oxford/AstraZeneca. Assim, estes grupos poderão ser vacinados com a Pfizer/BioNTech ou a vacina Sinovac/Butantan, levando em consideração o intervalo entre as doses recomendado, de acordo com o imunizante utilizado na primeira dose. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta quarta (11).

“A recomendação é que a vacinação deste grupo seja feita conforme a orientação do Ministério da Saúde, com a intercambialidade de vacinas”, afirma Márcia São Pedro, diretora da vigilância epidemiológica do Estado. Já para aquelas que ainda não tomaram a primeira dose, a indicação é receber imunizantes da Coronavac ou Pfizer.

Cadastro aberto
Em Salvador, no entanto, o cadastro para intercambialidade de doses foi aberto ainda na segunda (9). Por decisão da prefeitura, as gestantes e puérperas que não tiveram eventos adversos pós-vacina ou que tiveram reações leves devem procurar o médico do serviço de saúde público ou privado. O profissional fará uma avaliação clínica e depois vai indicar a necessidade de intercambialidade pelo site www.intercambialidade.saude.salvador.ba.gov.br. Clique aqui para baixar uma cartilha da prefeitura explicando mais sobre a intercambialidade.

Após o preenchimento dos dados no sistema, será gerado um QR Code com orientações sobre locais para vacinação, em conjunto com o relatório médico que deverá ser impresso, assinado pelo médico e pela gestante ou puérpera para habilitação da vacinação.

Para quem teve reações adversas moderadas ou graves, será preciso um parecer técnico. Depois de fazer cadastro com o médico no mesmo sistema eletrônico de intercambialidade, o caso vai ser encaminhado para Câmara Técnica Estadual para avaliação e definição deste parecer.

O usuário deve então aguardar o contato da equipe técnica de vigilância de eventos adversos pós-vacinação do município, que irá realizar a habilitação do mesmo para vacinação, de acordo com o parecer emitido pela Câmara Técnica Estadual.

Os Multicentros Liberdade e Carlos Gomes, além da UBS Vila Matos, no Rio Vermelho, serão os locais de aplicação da segunda dose da vacina contra a covid-19 via intercambialidade na capital baiana.

Distribuição de doses
Ainda segundo a resolução da CIB, haverá uma alteração na distribuição das doses das vacinas contra a covid-19 em todo o estado.

As primeiras doses das vacinas recebidas serão distribuídas de acordo com o percentual da população alvo acima de 18 anos de cada município, em relação ao total da população da Bahia. Os parâmetros utilizados foram a estimativa do IBGE para a população nos anos de 2019 e 2020, além dos dados da Atenção Básica dos municípios dos respectivos anos. Será considerada a maior população entre esses dois dados.

“Até então, de acordo com uma resolução da CIB, as vacinas estavam sendo remetidas exclusivamente aos municípios que tinham aplicado 85% ou mais das doses anteriores. A partir de agora, todos receberão”, explica Márcia São Pedro. Ela ainda conta que os municípios assumiram o compromisso de utilizar as vacinas com celeridade. “Essa questão será constantemente reavaliada para que não haja prejuízo no avanço da imunização”.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas