Circuito infantil de bicicleta diverte e ensina no Farol da Barra

salvador
16.05.2022, 06:00:00
A equipe da Transalvador aproveitou a ação do Maio Amarelo neste domingo (15) Para preparar futuros condutores a ter noções de cidadania e respeito ao trânsito (Marina Silva)

Circuito infantil de bicicleta diverte e ensina no Farol da Barra

Ação educacional da Transalvador pelo Maio Amarelo realizou réplica de via de trânsito e atividades lúdicas neste domingo (15)

Roteiro obrigatório para ciclistas, o Farol da Barra foi palco do circuito infantil de bicicleta realizado pela Transalvador na manhã deste domingo (15). Crianças de várias idades treinaram normas de trânsito dentro do perímetro montado das 8h30 até 12h30 como parte do Maio Amarelo, movimento anual cujo objetivo é alertar e educar sobre a segurança e redução da mortalidade no trânsito.  

A ação contou com a montagem do trajeto, que imitava uma via comum. Placas de trânsito, quebra-mola e sinaleira eram alguns dos elementos que os condutores precisavam respeitar. O agente de trânsito Gilson Santana foi responsável pela fiscalização do fluxo.

“Estamos [funcionários da Transalvador] aqui para orientar [...] com relação a andar mais devagar, fazer o retorno no local certo, não cruzar entre um cone e outro, para  que [as crianças] tenham uma noção de trânsito e cidadania”, explicou.  

A organização ainda cedeu capacetes e bicicletas para crianças que não tinham levado o equipamento. Além do circuito, os participantes puderam aprender através de atividades lúdicas, como desenho e jogo dos sete erros. 

“Programamos para ir na dança [que acontece aos domingos pela manhã na Barra] e acabamos vendo isso aqui”, contou o sapateiro Michael Oliveira,  32 anos,  pai de Heloísa Oliveira, de 5, que aprendeu a andar de bicicleta durante a ação.

Gerente de educação para o trânsito da Transalvador, Mirian Bastos lembrou que a ação é apenas parte de uma série de atividades do projeto. “Só esse ano, de janeiro a maio, já contemplamos mais de 40 escolas e atendemos mais de 650 crianças na base da formação em educação para o trânsito”, disse. O circuito é a parte prática do planejamento. Escolas, pelas quais a equipe da Superintendência passou dando palestras aos alunos, receberam convite para marcar presença na realização lúdico-pedagógica. 

Movimentação acontece no Farol da Barra (Marina Silva)

Famílias que apenas passavam pelo local também decidiram participar. É o caso da estudante Vani Justo, 28 anos,  mãe do pequeno João Paulo, que completou dois anos ontem: “O pessoal estava arrumando o aniversário [do João, em prédio próximo ao Farol]. A gente desceu porque  vem sempre para ele andar de bicicleta. Hoje ele se deparou com tudo isso aqui. Ele estava bem entretido gostou muito”. 

“Se ele aprende desde cedo as normas de trânsito, futuramente, a gente fica com a cabeça tranquila”, disse Vani Justo sobre o filho aprender a dirigir com segurança. 

Com a atividade, as crianças aprendem o respeito às normas de trânsito desde cedo. São estimuladas a seguir o semáforo e aos signos presentes nas vias. Além disso, lidam com a convivência e o respeito ao espaço compartilhado. Exercícios não somente do tráfego, como também da cidadania. 

Para Jaqueline Santos, formada em enfermagem e mãe de Antônio Lucas, de  10 anos, essa é uma forma de criar uma geração mais consciente e que faça a diferença no futuro. Vestido de agente de trânsito, Antônio já colocava em prática alguns aprendizados.

“Aprendi sobre como faz no trânsito, como dirigir. Pretendo usar as regras no futuro”, revelou Antônio Lucas. 

Com as regras já bem ensinadas em casa, a agente de trânsito Claudia Abreu, de 48 anos, levou a filha Michelly, de 8, para se divertir e interagir com outras crianças.  Apesar dos aprendizados sobre regras de trânsito na prática, ela ressaltou que o evento também foi um espaço de lazer, indispensável na hora de organizar uma ação ao público infantil. 

Segundo Barros, escolas públicas e privadas interessadas na visitação com conteúdo educativo da Transalvador  podem entrar em contato através do endereço transalvadorgedut@gmail.com e solicitar uma visita gratuita para  “plantar a ‘sementinha’ da educação para o trânsito desde as séries iniciais”.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas