Cobrada sobre Rodolffo, Marília Mendonça diz que não vai participar de 'linchamento'

em alta
05.04.2021, 15:05:00
Atualizado: 05.04.2021, 15:39:06
(Reprodução)

Cobrada sobre Rodolffo, Marília Mendonça diz que não vai participar de 'linchamento'

"Ser cobrada e acusada por não promover um mutirão?", diz ela; participante do BBB canta música sertaneja também

A cantora Marília Mendonça comentou nesta segunda-feira (5) a pressão para que ela se posicione em relação ao participante Rodolffo, do BBB21, sertanejo como ela. Rodolffo está no paredão da semana, disputando a permanência no reality com Caio e Gilberto.

Marília, que já comentou o reality em outras ocasiões e chegou a fazer uma decoração especial para celebrar a eliminação de Karol Conká, não falou nada sobre atitudes de Rodolffo consideradas racistas e homofóbicas. Também não comentou nada em relação ao paredão.

A cantora disse em uma série de mensagens no Twitter que seu erro "foi ter me enfiado no meio bolo", mas que jamais declarou torcida para ninguém. "Agora, além de me lincharem, vocês estão me acusando de algo muito sério, que vai além de rivalidade de torcida, e isso não está certo. Me acusar de cometer um crime por não me posicionar num paredão vai além do que é o direito de vocês. Existem limites", afirmou.

Ela disse que nem queria comentar o assunto, mas justamente por ter passado "demais" dos limites resolveu falar. "Ser cobrada e acusada por não promover um mutirão?", questionou. 

Marília afirmou que não é amiga de Rodolffo, apesar de o conhecer. Disse também que não participaria de um linchamento virtual contra o brother. "Eu recebi vários vídeos que o Rodolffo deixou guardado pedindo apoio, eu postei nenhum dos vídeos e mesmo não sendo amiga dele, somos conhecidos", explicou. "Eu não publicamente falar sobre os erros que ele cometeu e promover um linchamento, porque eu sofri com isso, eu errei grave, eu fio linchada e não aprendi por isso".  A cantora, provavelmente se referindo ao episódio em que foi acusada de ser transfóbica, disse que aprendeu com a paciência de pessoas para explicar.

Cantora celebrou eliminação de Karol Conká

Ela disse que pretendia, quando ele saísse, explicar porque não postou vídeos em apoio ao sertanejo, e que ele entenderia. "E sobre Conká, Nego Di e etc, se fosse sobre isso, tinha que ter mais de um milhão de nomes aí nos trendings...", disse, afirmando que apagou suas postagens porque viu que a brincadeira fora levada "para outros lados".

Mais cedo, questionada se iria se posicionar sobre o paredão, ela disse que não iria comentar. "E só pra responder coletivamente: não... tô bem de boa com a minha vida e meus problemas.. mal tô me posicionando pra pagar as parcelas das minhas contas... tô bem tranquila.. nem gasta energia me enchendo o saco.. quando o problema for comigo, aí vocês me chamam", escreveu.

A funkeira Tati Quebra-Barraco mandou uma indireta para a sertaneja. "Sim, amigos artistas. Quando a gente se submete a comentar reality, a gente tem que sustentar o público cobrando posicionamentos. Só entrem no problema que vocês aguentam sustentar, porque pagar de cool depois não cola", escreveu.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas