Com elas até o fim: Didá comanda a torcida pela Seleção Feminina no Pelô

salvador
23.06.2019, 20:14:00
Atualizado: 23.06.2019, 20:14:42
Didá animou o intervalo do jogo da Seleção Feminina contra a França (Foto: Roberto Abreu/ CORREIO)

Com elas até o fim: Didá comanda a torcida pela Seleção Feminina no Pelô

Mesmo com eliminação, torcedoras baianas vibraram pelas meninas do Brasil até os acréscimos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Cruzamento de Majri, e Henry, na pequena área nos minutos finais da prorrogação definiu a vitória da França. É, não deu para a Seleção Feminina, que deixa a Copa do Mundo nas oitavas de final. No entanto, não teve chuva e desânimo que derrubasse a torcida que foi ao Pelourinho para acompanhar a partida, ao som dos tambores da Banda Didá. 

“Com título ou sem título, elas são maravilhosas. No mundo onde o machismo vem sendo combatido a Copa também é um espaço de luta para por equidade. A nossa torcida tem esse sentido político de conscientização.  O tambor é para emanar esta energia de aliança, dar a mão uma a outra, união das mulheres, de sororidade”, afirma a diretora de Projetos da Didá, Vivian Caroline. 

Quem passou pela Rua Gregório de Matos foi logo encostando e procurando um bom lugar para curtir o jogo na televisão instalada em frente à sede da instituição. No intervalo, a Didá esquentava os tambores. E aí, veio o primeiro gol do Brasil logo na volta do segundo tempo. Thaisa pegou sobra na área e finalizou para deixar tudo igual. Confiantes e vestidas com a bandeira do Brasil, as professoras Lucidalva Daltro e Ivone Matos acreditavam na virada. 

As professoras Lucidalva Daltro e Ivone Matos vestiram a bandeira do Brasil para torcer pelas meninas da Seleção
As professoras Lucidalva Daltro e Ivone Matos vestiram a bandeira do Brasil para torcer pelas meninas da Seleção (Foto: Roberto Abreu/ CORREIO)
A vendedora Daniele Viana  apostou no 2x0 a favor do Brasil: ' elas fazem um trabalho muito bonito'
A vendedora Daniele Viana apostou no 2x0 a favor do Brasil: ' elas fazem um trabalho muito bonito' (Foto: Roberto Abreu/ CORREIO)
Torcida animou a Seleção Brasileira Feminina até o final da partida
Torcida animou a Seleção Brasileira Feminina até o final da partida (Foto: Roberto Abreu/ CORREIO)
Nem a chuva que caiu no Pelourinho fez com o que o torcedor deixasse de acreditar no talento das brasileiras
Nem a chuva que caiu no Pelourinho fez com o que o torcedor deixasse de acreditar no talento das brasileiras (Foto: Roberto Abreu/ CORREIO)

A gente sabe que não tem uma história muito boa contra a França, mas é preciso mostrar para o mundo que não é só homem que sabe jogar futebol. Só Marta conseguiu bater um recorte que nenhum deles conseguiu. Confio nas meninas”, disse Lucidalva. “A gente veste a camisa porque se sente realmente representada por elas”, completou Ivone.

Pela primeira vez em Salvador, a turista americana, Emelle Pesicka estava visitando o Pelourinho e ficou muito animada com o apoio das baianas a Seleção Feminina de futebol. Ela é professora e técnica de futebol feminino. “É muito parecido com o que acontece nos Estados Unidos. As mulheres tem muito mais Copa, mas não tem o mesmo reconhecimento por isso. Marta é melhor do que muitos homens jogando. Essa justiça precisa ser feita”.    

Para a vendedora Daniele Viana, a Copa foi só uma batalha. As meninas estão no caminho certo. “Não vesti minha camisa em vão. Valeu a pena, o importante é conquistar este espaço. Elas fazem um trabalho muito bonito. Dá orgulho de ver e torcer”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pensei-em-me-matar-diz-atriz-de-malhacao-apos-video-em-site-porno-veja-desabafo/
Pillar Costa, que atuou na novela da Globo no ano passado, entrou em depressão
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/claudia-leitte-festeja-40-anos-com-live-repleta-de-convidados/
Any Gabrielly, Léo Santana, Zaac, Hungria Hip Hop, Lore Improta, Bera e Dennis DJ estarão na festa
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nivus-ja-rodamos-na-bahia-com-o-novo-suv-da-volkswagen/
Em vídeo, apresentamos as primeiras impressões sobre o veículo que tem piloto automático inteligente e detector de fadiga
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-zidane-renata-fan-recebe-parabens-de-david-beckham-assista/
Ex-jogador inglês enviou mensagem que foi reproduzida no ‘Jogo Aberto’, da Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pf-cumpre-mandados-contra-quadrilha-que-fraudou-mais-de-r-4-milhoes-do-inss/
O grupo é investigado por, pelo menos, 80 benefícios previdenciários suspeitos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/5-filmes-que-voce-deve-assistir-para-apreciar-as-trilhas-de-ennio-morricone/
Compositor, que morreu aos 91 anos, era grande nome da música no cinema
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-baiano-hiran-lanca-segundo-disco-galinheiro/
Disco tem participações especiais de Tom Veloso, Majur e outros artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/serie-baiana-que-revela-salvador-sombria-ja-esta-disponivel-no-amazon-prime/
Produção tem roteiro e direção de Julia Ferreira, baiana que estudou cinema em Londres e Madri
Ler Mais