Com incentivo do Google, meninas podem participar de competição para desenvolver jogos para celular

educamais
25.06.2019, 13:41:00
Atualizado: 25.06.2019, 13:51:01
Podem participar do Desafio Chenge the Game meninas com idade entre 15 a 21 anos que estejam matriculadas no Ensino Médio (Shutterstock)

Com incentivo do Google, meninas podem participar de competição para desenvolver jogos para celular

Os ganhadores ficarão disponíveis no Google Play

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Criado pelo Google Play, o Desafio Change the Game (Mude o Jogo, em tradução livre) tem como objetivo incentivar meninas a desenvolverem jogos para celular. Podem participar meninas com idade entre 15 a 21 anos que estejam matriculadas no Ensino Médio. As inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de setembro. As propostas enviadas devem contemplar o tema “O que eu quero ver no futuro”.

No site do desafio está disponível o formulário com os dados necessários para efetivação da inscrição. É preciso descrever a ideia e o funcionamento do jogo, além das estratégias para atrair os jogadores.  No formulário também é possível anexar imagens com rascunhos e desenhos do jogo idealizado pela candidata. Além disso, deverá ser informado dados pessoais e da instituição de ensino onde estuda.

O Desafio "Change the Game" possui um júri composto somente por mulheres que se destacam na área de tecnologia, engenharia, design, administração, etc. O objetivo é promover a representatividade feminina no mercado da tecnologia. 

As duas ganhadoras terão a oportunidade de trabalhar presencialmente e participar de sessões de planejamento e criação com empresas de desenvolvimento de jogos durante cinco dias, em São Paulo. Com essa experiência, as duas podem absorver novos conhecimentos sobre a atuação na área.

O concurso premiará as ganhadoras com a disponibilidade dos jogos desenvolvidos na plataforma de aplicativos do Google, o Google Play. Além disso, as ganhadoras e mais 500 selecionadas terão acesso a 16 cursos online sobre programação para desenvolvimento de jogos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas