Com novo treinador no estádio, Bahia enfrenta o Grêmio por recuperação na Série A

e.c. bahia
21.08.2021, 06:00:00
Rossi volta ao time e é uma das armas do Esquadrão para vencer o Grêmio, fora de casa (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Com novo treinador no estádio, Bahia enfrenta o Grêmio por recuperação na Série A

Tricolor entra em campo neste sábado (21), em Porto Alegre, com interino Bruno Lopes na área técnica e argentino Diego Dabove nas tribunas

Depois de uma semana agitada, que teve direito a troca no comando técnico e anúncio de treinador estrangeiro, o Bahia volta a campo pelo Campeonato Brasileiro neste sábado (21), quando encara o Grêmio, às 19h, em Porto Alegre, pela 17ª rodada da Série A. 

O duelo coloca frente a frente dois times que precisam com urgência melhorar a sua situação. Do lado baiano, o tricolor amarga um jejum de seis partidas sem vencer. Vem de cinco derrotas e um empate no Brasileirão, o que resultou na demissão do técnico Dado Cavalcanti e apresenta reflexos na classificação. 

Com 18 pontos, o Bahia inicia a rodada na 13ª colocação, a três pontos do Sport, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Por isso, o técnico português Bruno Lopes, que comanda a equipe de forma interina, sabe que o time precisa muito pontuar em Porto Alegre. Ele, no entanto, descarta o discurso de mudança radical.

“Quando há uma mudança é sempre porque algo não agrada, mas não podemos esquecer as coisas que foram bem feitas. É pouco tempo de trabalho, três treinos com todo o grupo e mais um regenerativo. Não dá para mudar tanta coisa, mas há questões comportamentais para ajustar, questões mais táticas. É por aí que vamos. Manter as coisas boas que estavam sendo bem feitas e ajustar algumas questões táticas”, disse Bruno, no clube desde junho, quando foi contratado para treinar a equipe sub-23, que disputa o Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

Apesar de fazer mistério sobre a escalação, Bruno Lopes indicou que o time sofrerá mudanças. Pelo menos duas estão garantidas. Rossi volta ao ataque, enquanto Matheus Bahia entra na vaga de Juninho Capixaba, fora por questão contratual, já que está cedido pelo Grêmio.

Não será surpresa, no entanto, se o interino decidir ousar e escalar jogadores da sua confiança. Nomes como o volante Raniele e o meia Raí, do sub-23, estão relacionados.  Raí tem 19 anos e nunca jogou pelo time principal. Chegou ao Bahia este ano, vindo do Fluminense do Piauí.

“É natural (fazer mudanças), mas não posso colocar as cartas em cima da mesa. Essa é uma vantagem que podemos ter, pois não há uma margem de comparação anterior. É natural que isso aconteça, mas até a hora do jogo as coisas podem ser ajustadas. É esperar para ver”, comentou o técnico interino, mantendo o tom de mistério.

Do outro lado, o Grêmio até vem de vitória sobre o Cuiabá por 1x0 no meio de semana, em jogo atrasado da quinta rodada, mas permanece na vice-lanterna, com 13 pontos. O time gaúcho venceu apenas um dos sete jogos que fez como mandante no Brasileirão. 

Além disso, o técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão, tem problemas para montar a equipe. Entre suspensos e lesões são pelo menos quatro desfalques. 

Estão fora de combate: o lateral direito Vanderson, o volante Thiago Santos (suspensos), o também volante Maicon e o zagueiro Geromel (machucados). Por outro lado, o zagueiro Kannemann,  o volante Lucas Silva e o atacante Alisson estão recuperados de lesões e devem começar como titulares. Outro que volta é Diego Souza, que vai ficar como opção no banco.

Sob o olhar de Dabove
O duelo contra o Grêmio marcará o primeiro contato do técnico argentino Diego Dabove com o elenco do Bahia. Novo treinador do tricolor, ele vai encontrar a delegação neste sábado (21), em Porto Alegre, e acompanhará o duelo do estádio. A partir da próxima semana, Dabove assume os trabalhos no CT Evaristo de Macedo.

Dabove assumirá os trabalhos efetivamente no CT Evaristo de Macedo a partir de segunda-feira (23). E ele terá a semana livre para treinos até sua partida de estreia, contra o Fluminense, que será no dia 30, a segunda-feira seguinte, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Veja as prováveis escalações: 

Grêmio: Gabriel Chapecó; Rafinha, Ruan, Kannemann e Cortez; Lucas Silva e Villasanti; Douglas Costa, Jean Pyerre (Sarará) e Alisson; Borja. Técnico: Felipão.

Bahia: Matheus Teixeira, Nino Paraíba, Germán Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick, Lucas Mugni e Daniel; Rossi, Gilberto e Rodriguinho. Técnico: Bruno Lopes (interino).


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas