Com 'pneu', Melo e Kubot avançam à semifinal no Torneio de Viena

esportes
24.10.2019, 19:16:58
Atualizado: 24.10.2019, 19:26:46

Com 'pneu', Melo e Kubot avançam à semifinal no Torneio de Viena

Dupla venceu em jogo de apenas 53 minutos

Com direito a um "pneu", o brasileiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot venceram mais uma nesta quinta-feira (24) e avançaram à semifinal do Torneio de Viena, na Áustria. Principal favorita ao título, a dupla arrasou o indiano Rohan Bopanna e o canadense Denis Shapovalov por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/4, em apenas 53 minutos.

A vitória manteve Melo e Kubot na briga pelo terceiro título do torneio de nível ATP 500, disputado na quadra dura da capital austríaca. Eles foram campeões em 2015 e 2016. Nos últimos dois anos, não passaram das semifinais.

"Hoje fizemos um jogo excepcional, redondo mesmo, jogamos muito bem do começo ao fim, tanto que abrimos 6/0 e 1/0. Eles conseguiram uma quebra, tentando voltar para o jogo. Mas mantivemos a tranquilidade, quebramos mais uma vez e fechamos em dois sets. Realmente foi muito bom. Agora jogamos a semifinal sábado contra os franceses, que também vêm muito bem", comentou Melo.

A disputa pela vaga na decisão será neste sábado. Melo e Kubot vão enfrentar os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut Os tenistas da França avançaram ao superar os argentinos Andres Molteni e Diego Schwartzman por 6/3 e 6/2.

Brasileiro e polonês, atuais número 7 e 6 do ranking de duplas, vêm de dois vice-campeonatos, nas últimas semanas. Eles foram batidos por Bruno Soares e pelo croata Mate Pavic na final do Masters 1000 de Xangai. Antes, caíram na decisão do Torneio de Pequim, também na China.

Pela chave de simples da competição austríaca, o anfitrião Dominic Thiem avançou às quartas de final ao derrotar o espanhol Fernando Verdasco por 3/6, 6/3 e 6/2. Na sequência, o cabeça de chave número 1 terá pela frente outro tenista da Espanha. Será Pablo Carreño Busta, que despachou o casaque Mikhail Kukushkin por 6/7 (3/7), 6/4 e 6/1.

Também avançaram os cabeças de chave Gael Monfils (4º) e Diego Schwartzman (5º). O francês eliminou a jovem promessa italiana Jannik Sinner por 6/3 e 7/6 (10/8). E o argentino superou o norte-americano Sam Querrey por 6/7 (5/7), 6/4 e 7/6 (7/5). Venceram também nesta quinta o russo Andrey Rublev e o esloveno Aljaz Bedene.

Suíça
No Torneio da Basileia, também disputado nesta semana, o local Stan Wawrinka fez valer a experiência diante do jovem americano Frances Tiafoe. O sétimo cabeça de chave venceu por 6/3, 3/6 e 7/5. Com a vitória, Wawrinka confirmou um aguardado duelo suíço com Roger Federer nas quartas de final.

Será o 27º confronto entre os dois tenistas suíço no circuito profissional. Federer lidera com folga o duelo, com 23 vitórias, contra apenas três de Wawrinka, que não vence o compatriota desde 2015.

Os cabeças de chave Stefanos Tsitsipas (3º) e Roberto Bautista-Agut (4º) também asseguraram lugar nas quartas de final O tenista grego bateu o lituano Ricardas Berankis por 6/7 (4/7), 6/2 e 6/4, enquanto o espanhol despachou o francês Richard Gasquet por 6/2, 4/6 e 6/3.

Já o belga David Goffin (6º) e o italiano Fabio Fognini (5º) decepcionaram nesta quinta. Foram eliminados diante do norte-americano Reilly Opelka e do sérvio Filip Krajinovic, respectivamente.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas