Com recorde de rejeição, Karol Conká é a quarta eliminada do BBB 21 com 99,17%

em alta
23.02.2021, 23:29:25
Atualizado: 24.02.2021, 01:27:59
(Reprodução)

Com recorde de rejeição, Karol Conká é a quarta eliminada do BBB 21 com 99,17%

Gilberto e Arthur escaparam com muita folga do paredão e seguem na disputa. Eliminação da rapper teve o maior índice de rejeição da história

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A cantora Karol Conká foi a quarta eliminada do BBB 21, com 99,17% dos votos. Arthur recebeu 0,54% e Gilberto recebeu 0,29% dos votos. 

Karol bateu o recorde de rejeição, que havia sido conquistado pelo colega de programa Nego Di, que na semana passada foi eliminado com 98.76%. Essa é a eliminação com maior rejeição da história de todas as 21 edições do programa. 

Assim como Nego Di, Karol era integrante do chamado “Gabinete do ódio” do programa.

Diferente da semana passada, quando chegou a dar dicas sobre a disparidade da disputa, o apresentador Tiago Leifert se manteve mais parcial, mas momentos antes do anúncio avisou que o resultado não seria surpresa.

“Nós vamos dar o resultado agora, vocês devem saber já qual é...”

No discurso de saída, o apresentador questionou se os participantes estariam sendo eles mesmos. “Aqui fora vocês têm controle. Aí dentro, vocês não têm escolha nenhuma”, antes de falar diretamente com a cantora.

"Ao mesmo tempo que você feriu, você acaba se ferindo. Chega uma hora que você tem que ir embora! (..) porque quando você, você entra pra tombar. Seja lá o que for", disse o apresentador.


Na saída, a rapper cumprimentou os demais participantes, inclusive com os que teve desentendimentos, como Camilla de Lucas. "Lá fora é outro rolê. (...) Aqui é um jogo e eu nasci pra tombar!"

Na saída da cantora, os brothers cantaram em coro o hit de Karol: 'Tombei''. Na entrevista no estúdio, Leifert perguntou onde Karol acreditava ter errado. "Eu me perdi dentro de mim e me senti muito frustrada", respondeu.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas