Como anda sua carreira? Especialista responde dúvidas de leitores do CORREIO

empregos
22.07.2019, 07:00:00
(Foto: Divulgação)

Como anda sua carreira? Especialista responde dúvidas de leitores do CORREIO

Mandou sua pergunta para a gente? Chegou a hora de conferir as dicas do gerente da Michael Page, Marcelo Botelho

Ganhar competitividade no mercado, conciliar vida pessoal e profissional, fazer o que realmente gosta. E mais: ter resiliência, conquistar uma boa posição e um salário que dê estabilidade financeira. Não são poucos os desafios que o profissional precisa enfrentar todos os dias dentro do ambiente de trabalho. 

Mas como chegar lá? Para responder a esta e outras perguntas, o CORREIO convidou o gerente da Michael Page, Marcelo Botelho para tirar dúvidas de leitores sobre o futuro de suas carreiras. Especializado em recrutamento e seleção, Botelho destaca a importância de apostar sempre no desenvolvimento profissional e entender bem o cenário e as demandas do setor onde atua. “Vale buscar informações de setores que estão em alta e possuem maior empregabilidade e se qualificar para assumir essas vagas”, aconselha. 

'Entenda suas principais habilidades', destaca Botelho
(Foto; Divulgação)

Ainda de acordo com o consultor da Page, na hora de buscar estas respostas é preciso analisar o momento da sua carreira, definir objetivos e direcionar estas prioridades. O profissional deve ser planejar.  “Não existe uma fórmula mágica. Entenda suas principais habilidades. O diferencial sempre será pautado por elas e principalmente pelo o impacto de suas atitudes”. Confira a seguir: 
 

Gostaria de saber qual o melhor caminho para mudar de área, após anos dedicados à carreira anterior.   Iranildes Costa

Antes de mais nada é extremamente importante pesquisar muito sobre o nova área / setor que o profissional quer se inserir, entender as principais habilidades que são demandadas e fazer um “match” com as suas habilidades para garantir que a mudança irá ser positiva e poderá oferecer melhores perspectivas - seja na forma de aceleração de carreira, ganho financeiro ou melhor equilíbro entre trabalho e qualidade de vida (Worklife Balance). 


Há  quatro anos, eu fiz um curso na área de consultoria. E esse curso redimensionou os meus objetivos de carreira e eu acabei ingressando em um concurso para garantir uma estabilidade. Mas o que eu quero saber é como o mercado vem se comportando em relação as consultorias. Ainda é uma possibilidade de mercado ou está saturado?  Celeste Dias

No mercado sempre haverá espaço para consultorias, o que acontece dentro do cenário atual é que ele está mais rígido. As consultorias que se destacaram mesmo durante esse cenário de crise são aquelas que carregam um histórico de projetos bem executados ou que tem como pilares, profissionais que conseguiram se destacar em seu ramo de atuação e construíram uma boa reputação, permitindo que eles executem projetos com base em aprendizados em ambientes anteriores. Vale ressaltar também que algumas consultorias de menor porte oferecem serviços semelhantes as grandes consultorias com preço mais acessível, o que pode ser uma solução para algumas empresas mais conservadores em relação ao tema. 


Como garantir que a carreira escolhida vai me dar uma estabilidade financeira?   Maria Mazza

Infelizmente não existe uma fórmula mágica para garantir estabilidade financeira, a única carreira que oferece isso são os concursos públicos. No ambiente privado vale buscar informações de setores que estão em alta e possuem maior empregabilidade para novos entrantes neste mercado e sempre buscar se qualificar para ser possível assumir essas vagas. Reforço ainda, que na maioria das vezes o retorno financeiro é proporcional a dedicação e empenho que são colocados pelo profissional em seu trabalho. 


Como aliar a carreira escolhida com satisfação pessoal?   Cássia Purificação

A sensação de satisfação pessoal é algo que varia muito entre as pessoas por isso é um tema delicado para abordar. Mas o que eu posso dizer é que  no âmbito carreira deve-se buscar hábitos e rotinas que permitam alcançar desenvolvimento profissional e pessoal.  Entendo que celebrar todas as conquistas (mesmo as pequenas como um projeto que deu certo) e até mesmo as maiores como méritos e promoções são fatores vitais para se garantir longevidade na satisfação pessoal. 


Sou fisioterapeuta recém-formada e estou cursando uma pós graduação na área de UTI pediátrica. Qual o melhor momento para colocar em prática meus projetos profissionais? Espero terminar a pós-graduação?  Laiane Costa 

No meio corporativo empresarial e no contexto de mercado competitivo que vivemos sempre reforço que quanto mais cedo o profissional estiver exposto a prática mais empregabilidade ele terá. No ambiente de saúde, o cuidado deve ser maior e deve-se garantir que a ida para a prática esteja equilibrada com a teoria.  


Uma pessoa com mais de 40 anos que quer mudar de profissão, é melhor que ela invista em uma pós-graduação, uma nova graduação ou em cursos livres?   Marília Vieira

Não vejo a idade de 40 anos como um fator restritivo para se movimentar. Acho que o investimento deve ser maior na busca por um ambiente que as suas habilidades lhe permitam desenvolvimento mais rápido. Por isso, procure entender quais foram as características que garantiram sucesso de profissionais dessa nova área / setor. Infelizmente, não existe uma fórmula mágica. Adquirir conhecimento através de pós-graduação ou novas graduações é muito válido, mas o diferencial sempre será pautado em suas habilidades e, principalmente, no impacto de suas atitudes. 


De que forma o cenário político e econômico influencia nas carreiras que mais sofrem com a crise, principalmente no setor imobiliário e civil? Como reverter este impacto?   Leonardo Oliveira

Infelizmente está diretamente conectado. Setores de construção civil e mercado imobiliário dependem de grandes investimentos, sobretudo, quando se falam de grandes obras de infraestrutura que mobilizam o país. No cenário de crise, os investidores tem grande receio em investir capital sem ter a certeza de retorno e isso trava esses setores gerando alta do desemprego. Costumo dizer que é o primeiro setor a sentir a crise e o último a sair dela. A melhor forma é buscar se qualificar mesmo nos momentos mais críticos, aproveitar o período de desemprego para aprender um novo idioma e fazer cursos qualificatórios pode acelerar a sua contratação no momento de retomada. 


Dentro  da infinidade de áreas que a minha profissão oferece, como definir o foco da minha carreira e garantir que essa escolha realmente vai me fazer feliz?  Itana Castro 

Algumas graduações tem atuação extremamente ampla, como por exemplo Administração de Empresas e Engenharia de Produção. Uma boa forma de avaliar empresas e áreas diferentes é usar o período de estágio para conhecer melhor o mercado. O nível de cobrança tende a ser menor e o foco do período de estágio deve ser no aprendizado. Um excelente primeiro passo é buscar equilibrar atividades de sua vida pessoal que reflitam em satisfação no lado profissional.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-marie-fredriksson-vocalista-da-roxette/
Ela foi diagnosticada em 2002 com um tumor no cérebro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/filme-sobre-geovane-morto-por-policiais-chega-ao-festival-do-rio/
Dirigido por Bernard Attal, documentário se baseia em caso revelado pelo CORREIO
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/harmonia-recebe-ludmilla-e-ferrugem-em-gravacao-de-dvd-no-wetn-wild/
Gravação acontece na estreia d'A Melhor Segunda Feira do Mundo, no dia 6 de janeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-juice-wrld-morre-aos-21-anos-nos-estados-unidos/
Ele sofreu convulsão no aeroporto; artistas lamentam
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fotografa-faz-ensaios-para-negros-a-preco-acessivel-no-reconcavo/
Ellen Katarine também é trancista, dreadmaker e estudante de História na UFRB
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-morre-e-outras-duas-pessoas-ficam-feridas-em-ataque-de-faccao/
Três homens e uma mulher em um carro atiraram contra moradores em São João do Cabrito
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jovem-se-finge-de-gato-e-mia-embaixo-da-cama-para-nao-ser-achado-por-policiais/
Ele é suspeito de ter participado de um latrocínio em Fortaleza
Ler Mais