Como gastar energia do seu pet e evitar sair tanto para a rua

salvador
06.06.2020, 04:56:00

Como gastar energia do seu pet e evitar sair tanto para a rua

Gatos também podem ser afetados pela mudança de rotina da quarentena; confira dicas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Quem tem gato ou cachorro em casa nessa quarentena tem sentido o bem que a companhia deles nos traz. Os pets estão sempre ali para dar ou receber carinho, dividir um momento de descanso ou mesmo para uma conversa – ainda que só um dos dois, de fato, fale...

Mas os animais que tanto te fazem companhia também têm suas necessidades de lazer. E boa parte delas, assim como para humanos, acabou prejudicada com a pandemia.

No caso dos cachorros, o passeio diário está prejudicado pela pandemia. Pelo bem do dono, é melhor torná-lo mais curto, evitar alguns locais ou mesmo não sair de casa para  evitar a exposição.

Gatos gostam de descansar nos horários deles (Foto: Pexels)

Para os gatos, o desafio é manter a rotina com tanta gente em casa, o dia inteiro, em turnos em que geralmente a casa ficava vazia e, portanto, toda deles.

O CORREIO conversou com especialistas e traz dicas para divertir o seu pet e, assim, evitar sair tanto de casa ou tornar a mudança de rotina menos chocante para ele.


QUE NEM VOCÊ

E aí, tá sentindo falta de encontrar os amigos e conhecer novos lugares? Tá com saudade de sua rotina certinha de antes da pandemia?

Os bichos estão que nem você. “Para os animais é muito importante ter uma rotina. Tanto cachorro como gato possuem um relógio biológico. Estão adaptados a fazer tudo igual todo dia: o horário de dormir, de comer, de passear, de brincar, de ficar com o dono”, explica a médica veterinária Andressa Amarante (@kennelvet).

“É normal que um cachorro que estava acostumado a sair duas vezes por dia, e agora só está saindo uma, ou nem isso, sinta uma certa ansiedade pela mudança repentina”, diz a veterinária Andressa Amarante.

Para os cães, a interrupção de passeios pode ser mesmo angustiante: “Não é tanto pela questão física, de gastar energia. Nisso, eles não sentem tanto. É mais pelo lado mental. Quando saem há uma interação mental: eles sentem novos cheiros, veem novas coisas, encontram outros cachorros”, conta o adestrador Magno Santos (@magnodogtraining).

“É que nem a gente. Se você gosta de jogar bola e agora não está podendo, você vai buscar algo que preencha sua diversão. Então com o cachorro dá para criar algumas atividades para substituir esse passeio”, completa o adestrador Magno Santos.

10 atividades para cachorros

1) Respeite os horários do cachorro

Antes de tudo, a dica essencial é respeitar a rotina anterior do cachorro. Se você pretende trocar um passeio por uma brincadeira, tente fazê-la no mesmo horário da saída. Além disso, tente estender a atividade pelo mesmo tempo que duraria o passeio. “Isso vai ajudar para que a mudança seja mais fácil para o cachorro”, explica Andressa.

2) Brinquedos da marca Kong

São vários modelos com a mesma ideia: você preenche o brinquedo, feito de borracha, com comida. Daí o cão tem que se virar, seja dando patadas ou lambendo, para conseguir comer. “É um item que eu indico para todos os meus clientes, porque estimula demais o cachorro a batalhar pelo alimento”, recomenda o adestrador Magno Santos.

3) Tapete de fuçar

Brinquedo que dá para fazer em casa ou comprar pronto. Trata-se de um tapete de pano ou de plástico em camadas, com vários petiscos entranhados e que o cachorro vai ter que farejar, cavar e se esforçar bastante para conseguir comer.

4) Atividade na escada

Se o objetivo é gastar energia do pet mas você não pode ou não quer sair do seu prédio, uma boa dica é brincar nos degraus da escada. “Subir três ou quatro lances brincando já é um super gasto energético. Claro, não vá fazer isso com cachorros com problemas de articulação ou circulação”, alerta a médica veterinária Andressa Amarante.

5) Circuitos em casa

Monte um circuito de obstáculos para o cachorro com coisas de casa: cadeiras, caixas, mesas. Com um petisco, mostre o caminho que o cão deve seguir, seja passando por baixo, por dentro ou pulando. Vá repetindo até ele ir assimilando aos poucos o percurso e conseguir a recompensa com facilidade.

6) Cabo de guerra

Simples e infalível. Pegue uma corda ou um pano velho e faça um nó em cada ponta. Balance a corda no ar ou pelo chão até que o cachorro morda. Daí, faça força para puxar e movimente-se para que o cachorro mantenha a mordida firme. “Essa é uma atividade que indico muito a meus clientes, super estimulante”, diz o adestrador Magno Santos.

O cabo de guerra é infalível com cachorros (Foto: Pexels)

7) Bolinha

Um clássico. Basta comprar uma bolinha que vende em pet-shops ou mesmo fazer uma com pés de meia. Chame a atenção do cão para a bolinha e a atire. Com duas bolas, dá inclusive para tentar treinar o cachorro a devolver a primeira bolinha antes de arremessar a segunda.

8) Cuide mais

Não é só brincadeira. Aproveite o momento para cuidar mais do seu pet. “Para alguns animais com vínculo muito forte com o dono, só o fato de pentear o pelo já é um momento gostoso e relaxante para ele. Fora que nesse carinho você consegue perceber situações patológicas, como uma lambedura excessiva, ouvido coçando, dermatite” cita Andressa. “Momento bom também para escovar os dentes do pet, algo que muita gente diz não fazer por falta de tempo, mas é muito importante”, completa.

9) Sono do cachorro

Assim como o gato, um cachorro também tem seu momento de dormir durante o dia. E é importante respeitá-lo: “Tenho atendido muitos cães estressados porque cresceu o volume de gente em casa. Daí é mais barulho, mais gente interagindo com ele, ele fica mais alerta e não consegue dormir como fazia antes. É importante identificar o horário que ele gosta de descansar e respeitar aquele momento”, explica Andressa Amarante.

10) Mantenha o passeio

Para cães de grande porte ou os que só fazem as necessidades na rua, o passeio tem que continuar. “Senão vai ser pior para a saude dele, pode desenvolver infecção urinária, por exemplo. Então a gente pede para que o dono evite contato com outros humanos, vá em horário com menos gente nas ruas, evite praças cheias”, explica Andressa Amarante.

“E, antes de entrar em casa, passe um lenço umedecido nas patas do cão e penteie o pelo. Jamais use água sanitária ou álcool em gel no cachorro, isso vai causar inflamação”, completa a veterinária.


Gatos são muito fáceis de brincar (Foto: Pexels)

GATOS GOSTAM DE ROTINA

Os felinos amam uma rotina. Por isso, mesmo com a mudança repentina provocada pela quarentena, é importante manter o espaço e respeitar o tempo deles. “Eles gostam mais de dormir do meio da manhã até o final da tarde. Então, se os donos trabalhavam o dia todo e só voltavam à noite, o gato tinha pela tarde inteira a casa só para ele e podia dormir sossegado”, reflete a médica veterinária Andressa Amarante.

“Na quarentena tem muita gente em casa, televisão ligada, crianças brincando, luzes, ventilador. Gatos são muito alerta. Então ele não tem mais a tarde para dormir relaxado e isso pode gerar estresse”, lamenta a especialista.

5 dicas para gatos

1) Respeite o sono

Com o tempo, o dono aprende qual o horário e o local em que o gato gosta de tirar seu cochilo. Se for possível, respeite o bichano: feche a porta do cômodo, evite fazer barulho ou ficar mexendo com ele. Se tiver crianças em casa, converse para também respeitarem.

2) Brincadeiras

“Gato gosta muito de brincar, e as brincadeiras de gato são as mais simples possível”, considera a veterinária Andressa. “Basta uma bolinha de papel no chão, um laser que seja, uma cordinha que saia arrastando no chão. É muito fácil deixá-lo animado”, completa.

3) Gatificação do ambiente

Gatos possuem uma relação profunda com o ambiente que habitam. Por isso, algumas pequenas intervenções no espaço fazem um bem enorme a eles: “Uma estante ou uma prateleira em que ele possa subir para ficar olhando tudo de cima, um arranhador num cantinho ou na parede, uma redinha de gato embaixo de uma mesa ou cadeira. A gente chama isso de ‘gatificação’ do ambiente. Eles se sentem super bem com essas pequenas coisas”, recomenda a veterinária Andressa Amarante.

4) Cuide dos lugares deles

Como foi dito antes, os donos conseguem perceber facilmente onde os gatos gostam de descansar. Faz bem cuidar desses lugares. Abrir espaço na estante onde o felino gosta de subir, se for no chão, colocar uma cama ou mesmo um pano no canto em que ele gosta de deitar. Note, também, que geralmente são locais com baixa luz e sem corrente de ar.

5) Playground de caixas

Uma caixa de papelão na sala é o suficiente para despertar a curiosidade do gato e deixá-lo entretido por um bom tempo. Imagine, então, fazer um ‘playground’ de caixas, uma próxima à outra. Se tiver mais de um gato, vai ser divertido também observar a disputa deles pelas caixas favoritas, quase que um jogo calculado.

SERVIÇO:

Kennel Veterinária - (71) 3037-0258 - Instagram: @kennelvet
Magno Dog Training (71) 9 9680-4205 - Instagram: @magnodogtraining

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/claudia-leitte-festeja-40-anos-com-live-repleta-de-convidados/
Any Gabrielly, Léo Santana, Zaac, Hungria Hip Hop, Lore Improta, Bera e Dennis DJ estarão na festa
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nivus-ja-rodamos-na-bahia-com-o-novo-suv-da-volkswagen/
Em vídeo, apresentamos as primeiras impressões sobre o veículo que tem piloto automático inteligente e detector de fadiga
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-zidane-renata-fan-recebe-parabens-de-david-beckham-assista/
Ex-jogador inglês enviou mensagem que foi reproduzida no ‘Jogo Aberto’, da Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pf-cumpre-mandados-contra-quadrilha-que-fraudou-mais-de-r-4-milhoes-do-inss/
O grupo é investigado por, pelo menos, 80 benefícios previdenciários suspeitos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/5-filmes-que-voce-deve-assistir-para-apreciar-as-trilhas-de-ennio-morricone/
Compositor, que morreu aos 91 anos, era grande nome da música no cinema
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-baiano-hiran-lanca-segundo-disco-galinheiro/
Disco tem participações especiais de Tom Veloso, Majur e outros artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/serie-baiana-que-revela-salvador-sombria-ja-esta-disponivel-no-amazon-prime/
Produção tem roteiro e direção de Julia Ferreira, baiana que estudou cinema em Londres e Madri
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/netos-de-luiz-gonzaga-divulgam-nota-de-nojo-por-uso-de-musica-em-live-de-bolsonaro/
Jair Bolsonaro convidou o presidente da Embratur para tocar durante a live da última quinta
Ler Mais